PUBLICIDADE
Topo

Casal viaja pelo mundo a bordo de Kia: 'Muita experiência e pouca pressa'

Marcos e Marianne enfrentam a neve no sul da Alemanha, onde se abrigaram na pandemia - Arquivo pessoal
Marcos e Marianne enfrentam a neve no sul da Alemanha, onde se abrigaram na pandemia Imagem: Arquivo pessoal

Marcel Vincenti

Colaboração para Nossa

27/06/2022 04h00

A bordo de um Kia Sportage 4x4, o casal brasileiro Marcos Andreas Junghans, 60 anos, e Marianne Kollarz Junghans, 52 (@viagemfamilia2), está em uma viagem de carro pelo mundo — e não é força de expressão.

Nos últimos anos, eles cruzaram estradas das Américas, passando por países como Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia, Panamá, Costa Rica, México, Estados Unidos e Canadá. Depois, na costa leste dos Estados Unidos, colocaram o Kia em uma embarcação e o enviaram até a cidade belga de Antuérpia, onde começaram um longo roteiro pela Europa, com visitas a territórios como Alemanha, Áustria, Itália, França, Albânia, Bulgária, República Tcheca e Polônia.

Recentemente, eles voltaram com o carro para a América do Sul e, neste momento, se encontram no interior da Colômbia.

"Sempre gostamos de realizar longas viagens de carro. Quando éramos mais jovens, rodávamos o Brasil com um Opala. E, nos últimos anos, depois da nossa aposentadoria, tomamos a decisão de viajar pelo mundo com um carro resistente e confortável", diz Marianne.

Temos muita experiência e pouca pressa", resume.

Morando na estrada

Além de levá-los a todos os lugares, o veículo é a casa de Marcos e Marianne: os dois dormem em uma barraca instalada no teto do veículo, que também conta com compartimentos para roupas e comida, equipamentos de cozinha, geladeira e até uma ducha.

"Nas viagens, já dormimos com o carro em todo tipo de lugar. Passamos a noite em praias, em praças públicas, em delegacia de polícia, em florestas, em postos de gasolina, embaixo de ponte e até em um cemitério", diz Marcos. "Também já enfrentamos todos os tipos de terreno, como estradas de terra e com neve".

O casal dorme em uma barraca sobre o teto do veículo - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
O casal dorme em uma barraca sobre o teto do veículo
Imagem: Arquivo pessoal

E lugar bonito é o que não falta. O casal destaca a Bolívia e a Guatemala, por onde passaram por muitas florestas e cachoeiras. "Já nos Estados Unidos, gostamos muito do Estado de Utah, um lugar cheio de paisagens lindas. E o Alasca é imperdível para quem está viajando de carro".

Na Europa, eles chegaram com seu carro até as praias francesas da Normandia, à costa italiana banhada pelo mar Adriático, ao interior da Lituânia e a cidades como Praga (na República Tcheca) e Cracóvia (Polônia).

"Mas nosso local predileto na Europa foi a Albânia", afirma Marcos.

Chegamos ao país sem muitas expectativas e, lá, nos deparamos com lindas praias, uma cultura rica e um povo muito bacana. É um lugar que merece ser mais visitado".

Enfrentando a pandemia

No começo de 2020, Marcos e Marianne estavam viajando com seu carro pela Itália — e, como quase todo mundo, foram muito afetados pela chegada da pandemia.

"Estávamos perto da cidade de Verona. E, um dia, acordei sem conseguir me mexer, com muita dor e febre. Era a covid-19. Fiquei mal por diversos dias. Mas, por sorte, não precisei ser internado nem contaminei a Marianne", relata Marcos.

Costa do Adriático, na Itália - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Costa do Adriático, na Itália
Imagem: Arquivo pessoal

Com as restrições de circulação na Europa, ficou impossível seguir na estrada. E o casal acabou indo para a Alemanha, onde tem amigos. Eles permaneceram no território germânico sem viajar por meses.

Após a reabertura gradual das fronteiras do Velho Continente, os dois (que têm passaporte europeu) conseguiram voltar a pegar a estrada e chegar a outros países. Mas a pandemia os obrigou a adotar uma drástica mudança de planos.

Depois de realizar o roteiro pela Europa, o objetivo era entrar na Ásia e ir até a Coreia do Sul. Mas as fronteiras dos países asiáticos ficaram fechadas por muito tempo. "Então resolvemos voltar para a América do Sul, enviando o carro para a Colômbia", conta Marianne.

Este retorno ao ponto inicial da jornada, porém, não é visto como uma derrota pelo casal. "Fomos flexíveis e soubemos nos adaptar às circunstâncias", avalia Marcos.

Curtindo as paisagens do interior da Colômbia - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Curtindo as paisagens do interior da Colômbia
Imagem: Arquivo pessoal

"E, agora, já temos novos planos. Da Colômbia, queremos descer para o Equador, ingressar no Peru e, dali, entrar no Brasil através do Acre. A ideia é fazer um grande roteiro pela Amazônia com nosso veículo. Não temos data para parar com esta viagem".