PUBLICIDADE
Topo

Novo assento de avião já virá com fones de ouvido acoplados ao encosto

O assento "Euphony" foi projetado para cabines de primeira classe ou classe executiva - Divulgação/Safran
O assento "Euphony" foi projetado para cabines de primeira classe ou classe executiva Imagem: Divulgação/Safran

De Nossa

26/06/2022 14h35

Um assento de avião de luxo, com fones de ouvido sem fio já incorporados à estrutura de apoio do pescoço, poderá se tornar em breve o novo "mimo" para a primeira classe e a classe executiva das grandes companhias.

Batizado de "Euphony" ('Eufonia', em português, ideia que descreve uma acústica agradável ou ouvido), o projeto do estúdio francês de design de interiores para aeronaves Safran Seats foi produzido em parceria com a empresa de audiotecnologia Devialet e apresentado na Aircraft Interiors Expo (AIX), uma convenção do setor que aconteceu em Hamburgo, na Alemanha, no início do mês.

A Safran, que já assina as novas cabines da executiva dos Boeings 777 da Air France divulgados no último mês, garante que os alto-falantes que compõem o encosto do Euphony foram concebidos e ajustados para que seu som não viaje até a cabine vizinha e atrapalhe os companheiros de viagem.

No entanto, a proposta não é inviabilizar a comunicação dentro do avião: eliminando os fones, a ideia é que a tripulação possa mais facilmente seguir com o serviço de bordo sem interromper o entretenimento do passageiro.

Assento "Euphony" terá fones incorporados em sua estrutura - Divulgação/Safran - Divulgação/Safran
Imagem: Divulgação/Safran

Franck Lebouchard, presidente da Devialet, explicou à CNN americana que o principal desafio foi lidar com os barulhos já comuns dentro de um avião para aperfeiçoar a proposta da Safran de usar alto-falantes mais convencionais.

"Uma aeronave é provavelmente o ambiente auditivo mais complexo que você possa imaginar, tanto em termos de frequências — há baixas e altas frequências — quanto de volume". Por isso, a alternativa foi não bloquear nenhuma das frequências e não adotar cancelamento de ruído, para não ressaltar o extremo oposto do espectro sonoro.

Os fones foram então projetados para se ajustar em tempo real à situação da cabine e mascarar os sons do ambiente.

Assento "Euphony" terá fones incorporados em sua estrutura - Divulgação/Safran - Divulgação/Safran
Imagem: Divulgação/Safran

Tanta inovação tem, no entanto, um peso extra — literalmente. E é por isso que, o primeiro modelo do Euphony não deverá ser comercializado para a classe econômica, para não aumentar drasticamente o peso da aeronave como um todo.

No entanto, o estúdio revelou que já trabalha para enxugar o projeto e viabilizá-lo de maneira mais democrática dentro dos voos.

A previsão do estúdio é que o novo assento comece a voar de verdade em 2023, mas não foram divulgadas quais companhias incorporarão o design às suas frotas.