PUBLICIDADE
Topo

Frango no churrasco: 6 formas incríveis fazer, do espetinho ao de padaria

O churrasqueiro Bruno Salomão mostra seu frango inteiro estilo de padaria: pele dourada e crocante na grelha - Mariana Pekin/UOL
O churrasqueiro Bruno Salomão mostra seu frango inteiro estilo de padaria: pele dourada e crocante na grelha
Imagem: Mariana Pekin/UOL

De Nossa

05/06/2022 04h00

O frango é um injustiçado do churrasco. Tem gente que nem olha e outros que deixam para comer só quando os cortes bovinos acabam.

Mas esta matéria prova, por meio de seis receitas em vídeo, que o frango pode ser o rei da brasa — basta saber fazer!

Assista aos trechos dos melhores episódios de "Vai Ter Churras", produção de Nossa, e aprenda:

1. Espetinho temperado

Essa é a forma mais democrática de servir um churrasco. Com porções organizadas num espetinho — que deve ficar de molho em água meia hora antes de ir para brasa para não pegar fogo —, todo mundo come a mesma quantidade.

Geralmente vão 100 gramas por unidade. O apresentador Bruno Salomão usa sobrecoxa desossada, sem pele e gordura, cortada em pedaços de dois dedos contra a fibra.

Para cada quilo, faz-se uma marinada de duas horas formada por uma colher de sopa de sal, meia colher de chá de pimenta-do-reino, 1/3 de xícara de chá de tempero completo (aprenda a receita aqui), meia colher de chá de colorau, uma pitada de pimenta caiena e uma pontinha de colher de cominho.

Uma dica importante é não misturar o frango com outras carnes já que, para evitar contaminações, a carne branca deve ser servida bem passada.

2. Coxinha da asa prática

A coxinha da asa pode ter dois problemas. Apresentar um tom avermelhado perto do osso que faz os convidados torcerem o nariz e dar trabalho para o churrasqueiro virar uma a uma na grelha. O Bruno tem solução para as duas questões.

Para evitar a cor esquisita, basta cortar as duas pontinhas de cartilagem presentes na peça. "Assim, os líquidos vão embora na hora do cozimento e o frango fica branquinho".

A outra dica é investir numa grelha jacaré para facilitar a vida do comandante da churrasqueira. Ela permite que todas as coxinhas da asa fiquem organizadas e possam ser viradas de uma só vez.

Mas o que é essencial mesmo é o tempero. No liquidificador, o especialista bate cerveja, alho, cebola, louro, maionese, sal, pimenta-do-reino, orégano, pimenta dedo-de-moça e colorau (veja as proporções corretas no vídeo acima).

3. Buffalo wings picante

A receita típica americana consiste no meio da asa de frango bem crocante repleta de molho buffalo, à base de pimenta e manteiga. Antes de cozinhá-la, Bruno faz uma marinada básica na qual o frango fica submerso por pelo menos duas horas.

Para cada quilo da carne, usa-se uma lata de cerveja, uma colher de sobremesa de sal e duas colheres de sopa de tempero completo (aprenda aqui). Após o tempo indicado, os franguinhos precisam ser secos com papel toalha para ficarem crocantes. Outro truque que ajuda na crosta feita na churrasqueira ou air fryer é polvilhar bicarbonato de sódio.

O buffalo junta numa panela quente uma xícara molho de pimenta, meia colher de chá de pimenta-caiena e duas colheres de sopa de molho inglês. Quando ferve, adiciona-se 100 gramas de manteiga e mistura-se com o fouet até formar uma mistura homogênea.

4. Sobrecoxa com crosta perfeita

Convidado do "Vai Ter Churras", o apresentador de TV Rick Bolzani ensina um frango simples que explode em sabor graças a uma crosta de temperos secos chamada dry rub.

Para quinze unidades de sobrecoxa, ele lambuza o "pó mágico" composto por cinco colheres de sopa de sal entrefino de parrilla, cinco de açúcar demerara, duas de páprica doe, meia de pimenta-do-reino e uma de mostarda em pó, de alho em pó e de cebola em pó ou flocos.

Após esperar a absorção do tempero por cinco minutos, é hora de levar o frango para a churrasqueira. Ele assa com a pele para cima até atingir a temperatura de 62 graus internos e ficar bem tostado pela caramelização do açúcar. Depois de virar, a sobrecoxa leva mais cinco minutos para chegar no ponto.

5. Frango inteiro igual ao de padoca

Que tal imitar o frango de padaria na churrasqueira? Para a ave inteira conquistar hidratação e suculência, Bruno ensina dois truques essenciais. O primeiro deles é colocar o frango para marinar de um dia para o outro na mistura de cerveja, maionese, sal, açúcar e temperos (confira a proporção correta no vídeo acima).

A segunda dica é colocar manteiga temperada com alho, manjericão, sal e pimenta-do-reino entre a carne e a pele do frango para agregar umidade à pedida. O processo deve ser feito após encaixar o animal no espeto. Quando em contato com o calor, a manteiga derrete, entra nas fibras e faz a pele ficar crocante.

Com cerca de 1,5 quilos, o frango inteiro serve bem quatro pessoas e fica pronto em duas horas na churrasqueira. Desse tempo, use os últimos vinte minutos para trocar a ave de lado e deixar a parte de cima caramelizar igual à versão de padoca. Está pronto quando a temperatura entre a coxa e a sobrecoxa marcar de 72 a 75 graus.

5. Coraçãozinho

Churrasco sem coração de frango não dá! Um clássico brasileiro, o miúdo faz um banho de duas horas na marinada repleta de temperos. Confira a receita clicando na imagem abaixo:

Marinada para frango (churrasco)

Dificuldade Fácil
10 min
Ver receita completa

O jeitinho mais fácil de prepará-lo na brasa é perfurando um a um no espeto, mantendo todos sempre para a mesma direção.

A parte da cabeça começa voltada para cima. Caso contrário, a gordura concentrada pinga e pode causar acidentes. Oito a doze minutinhos no calor é tempo suficiente para cozinhar o coração.