PUBLICIDADE
Topo

Arranha-céu de Dubai é eleito prédio mais popular do mundo; veja top 10

Vista panorâmica de Dubai com o Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo, ao centro - Getty Images
Vista panorâmica de Dubai com o Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo, ao centro Imagem: Getty Images

De Nossa

29/05/2022 12h10

Ele já é conhecido, oficialmente, como o prédio mais alto do mundo: do alto dos seus 828 metros de altura, o Burj Khalifa, uma das muitas obras maximalistas de Dubai, também se tornou o arranha-céu mais popular do globo.

A constatação é de um levantamento arquitetônico realizado pela plataforma financeira Money.co.uk, que analisou as construções mais buscadas no Google durante o mês de fevereiro de 2022 e as mais bem posicionadas em redes sociais durante este mês de maio.

O Burj Khalifa não foi só apenas o mais procurado na ferramenta, como também é o favorito da população de 71 países ao redor do mundo — inclusive no Brasil.

A pesquisa qualificou o cartão postal árabe como uma "maravilha da engenharia moderna", já que a construção quebrou recordes ao ser inaugurada em 2010: é, não só a estrutura livre mais alta do mundo, como tem o andar ocupado mais elevado, o mais longo elevador e o mais alto déque de observação público em todo o planeta.

O Burj Khalifa foi buscado cerca de 1,5 milhão de vezes por mês no Google - Divulgação/Dubai Tourism - Divulgação/Dubai Tourism
O Burj Khalifa foi buscado cerca de 1,5 milhão de vezes por mês no Google
Imagem: Divulgação/Dubai Tourism

O Burj Khalifa é buscado no Google, em média, 1,5 milhão de vezes por mês — o Money.co.uk estima que boa parte deste tráfego seja de turistas tentando comprar ou reservar bilhetes para a próxima visita, o que corresponde também a um alto fluxo de visitantes.

Vista do restaurante At.mosphere, no Burj Khalifa, em Dubai - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Vista do restaurante At.mosphere, no Burj Khalifa, em Dubai
Imagem: Reprodução/Instagram

Com mais de mil obras de arte distribuídas pelos seus 163 andares, o edifício teria custado US$ 1,5 bilhão (ou R$ 7,1 bilhões, em valores atuais, sem levar em consideração a correção monetária).

Apesar de toda essa soberania, ele é seguido por outras obras bastante clássicas como a Torre Eiffel, que curiosamente é a favorita de 29 países, mas não da França, onde o Museu do Louvre reina, enquanto a Notre Dame conquistou os japoneses. Deslize a galeria abaixo e veja outras construções muito procuradas:

Dei vontade de conhecer de perto o prédio mais alto do mundo? Organize seu roteiro com o guia completo de Dubai elaborado por Nossa.