PUBLICIDADE
Topo

Japão iniciará sua reabertura com pequenos grupos de turistas ainda em maio

Tóquio, no Japão: uma das mais vibrantes capitais do mundo voltará a receber visitantes após dois anos de pandemia - f11photo/Getty Images/iStockphoto
Tóquio, no Japão: uma das mais vibrantes capitais do mundo voltará a receber visitantes após dois anos de pandemia Imagem: f11photo/Getty Images/iStockphoto

De Nossa

17/05/2022 11h48

Após dois anos de duras restrições devido à pandemia de covid-19, o Japão reabrirá suas fronteiras para turistas estrangeiros ainda no mês de maio, anunciou nesta terça (17) a agência oficial de turismo do país.

Sinalizada pelo Primeiro-Ministro Fumio Kishida como prevista para o início de junho, dependendo da situação epidemiológica do território após o feriado prolongado da Semana Dourada entre 29 de abril e 5 de maio, a retomada acontecerá gradualmente — com pequenos grupos de viajantes de países selecionados.

Entre as nacionalidades que poderão voltar ao Japão no fim do mês — o governo japonês não divulgou a data de entrada do primeiro grupo — estão americanos, australianos, tailandeses e singapurianos, que são considerados mercados prioritários, ou seja, costumam injetar um capital considerável no turismo local.

Além disso, foram levados em consideração critérios sanitários: visitantes devem ter tomado ao menos três doses de vacinas, devem preencher um formulário, possui seguro-viagem com cobertura para a covid-19 e ter testado negativo para a doença.

Não foi detalhado o período pelo qual o exame será válido para entrada em território japonês, mas é esperado que todos os turistas cumpram "medidas eficazes de prevenção de infecções".

Segundo a agência Bloomberg, turistas só serão liberados para entrada através de seis agências de viagens credenciadas junto ao governo japonês, entre elas JTB Corporation, Nippon Travel Agency e Jalpack Corporation.

Os itinerários serão fixos — não poderão ser alterados conforme a comodidade do passeio — devem ser estabelecidos antes da jornada e pré-aprovados pelas autoridades locais. Eles deverão correr sempre com o acompanhametno de um guia em áreas em que não há estado de emergência para a covid-19 declarado.

O Japão ainda não divulgou uma previsão de quando reabrirá totalmente suas fronteiras aos turistas de outras partes do mundo.