PUBLICIDADE
Topo

Bicampeã do vôlei, Fabi teve medo pela gravidez da esposa em eleição 2018

Bruno Calixto

Colaboração para Nossa

15/05/2022 04h00

Casada com Julia Silva, gerente de seleções da Confederação Brasileira de Vôlei, e mãe de Maria, a ex-atleta Fabi Alvim contou no "Botequim da Teresa" como decidiu se posicionar nas redes sociais e assumir a família homoafetiva diante do Brasil.

Ela fala que descobriu a sua orientação sexual aos 19 anos. "Foi um processo de construção até que eu conseguisse falar sobre isso de uma forma aberta e tranquila. Tive medo da reação dos meus pais, do que eles iam dizer. Eu não tinha com quem conversar, pessoas a me inspirar. Não havia internet".

A primeira coisa que eu fiz foi me esconder".

Teresa Cristina - Fabi Alvim e omelete - FGranatieri/UOL - FGranatieri/UOL
Teresa Cristina recebe Fabi Alvim
Imagem: FGranatieri/UOL

Com os anos e as sessões de terapia, a comentarista de vôlei foi se sentindo mais confiante. Após casar no cartório com Julia, resolveu fazer das suas redes sociais um lugar de inspiração e acolhimento para outras mulheres como ela.

"Senti uma necessidade de falar para as pessoas justamente por não ter tido com quem conversar. As redes sociais estão adoecidas, mas também são fontes de informação. Eu posto para ser feliz e mostrar o meu orgulho".

Fabi Alvim e Julia Silva: gravidez descoberta em outubro de 2018 - Pamela Miranda/Reprodução Instagram - Pamela Miranda/Reprodução Instagram
Fabi Alvim e Julia Silva: gravidez descoberta em outubro de 2018
Imagem: Pamela Miranda/Reprodução Instagram

Seu único momento de insegurança foi em 2018. "Descobrimos a gravidez no dia 28 de outubro, após o resultado das eleições. Eu senti muito medo. A gente vê o que está acontecendo com o país...", diz a bicampeã olímpica, que apesar dos preconceitos e da situação política do país sempre sonhou em ser mãe. "A gente nunca se importou se ia adotar ou gerar".

Ao mesmo tempo que tive receio, me enchi de coragem para reafirmar a minha família. Senti que esse era o meu papel como família homoafetiva".

Fabi prefere ignorar os haters que aparecem. "Respondi uma vez com conversa e diálogo. Só assim que é possível quebrar os preconceitos".

Em vez de se apegar aos poucos comentários negativos, a ex-atleta prefere focar na própria família. "Em casa, eu espalho bolas de vôlei e brinco com Maria, mas quero que ela escolha o próprio caminho e se divirta com o esporte. Maria dá uma manchete e eu já parto para outra brincadeira."

Sextas de samba

Botequim da TEresa - Zo Guimaraes/UOL - Zo Guimaraes/UOL
Imagem: Zo Guimaraes/UOL

O "Botequim da Teresa", que vai ao ar todas as sextas, é o programa perfeito para quem ama boa música e papos interessantes. Teresa Cristina resgata a história de bares tradicionais do Rio de Janeiro, faz receitas clássicas de cada um deles e recebe convidados para conversas descontraídas. Assista à nova temporada no site de Nossa, no UOL Play ou no YouTube de Nossa (inscreva-se e receba atualizações fresquinhas).