PUBLICIDADE
Topo

Sonha em conhecer Capri, na Itália? Teleférico oferece vista privilegiada

O teleférico desce do Monte Solaro com um impressionante panorama do Golfo de Nápoles - font83/Getty Images
O teleférico desce do Monte Solaro com um impressionante panorama do Golfo de Nápoles Imagem: font83/Getty Images

De Nossa

13/05/2022 08h57

Capri é famosa até entre os mais célebres: o balneário italiano fundado pelo imperador romano Augusto já teve entre seus frequentadores ilustres de Audrey Hepburn e Grace Kelly a Kourtney Kardashian e Hugh Jackman.

Mas foi um "segredo" — nem tão secreto assim, mas um charme bem guardado da região — que conquistou a atriz Rita Hayworth, um dos principais nomes da Era de Ouro de Hollwyood: o teleférico do Monte Solaro.

O motivo deste encantamento seria a paisagem de tirar o fôlego da região, com direito às águas intensamente azuis do Golfo de Nápoles, às lindas construções remanescentes do Império Romano e à beleza das 850 espécies de vegetação local.

Rita Heyworth no teleférico construído em 1952 - Reprodução/Capri Seggiovia - Reprodução/Capri Seggiovia
Rita Heyworth no teleférico construído em 1952
Imagem: Reprodução/Capri Seggiovia

O passeio começa em Via Caposcuro, uma pequena cidade no lado ocidental da ilha de Capri, próximo a Piazza Vittoria. Dali, no topo da montanha mais alta de Capri a 589 metros do nível do mar, partem as cadeiras suspensas que viajam com vista para o Vesúvio, parte da Costa Amalfitana na região de Salerno e da Ilha de Ischia.

É possível ainda admirar as ruínas de Fortino di Bruto, uma fortaleza construída entre 1806 e 1808 durante as campanhas militares entre França e Inglaterra na região.

A vista para o balneário de Capri do topo do Monte Solaro - mikolajn/Getty Images/iStockphoto - mikolajn/Getty Images/iStockphoto
A vista para o balneário de Capri do topo do Monte Solaro: a estátua do imperador Augusto pode ser vista ao lado
Imagem: mikolajn/Getty Images/iStockphoto

Apenas 158 assentos estão disponíveis por passeio. O percurso de ida e volta custa 12 euros (R$ 65). Apenas um trecho, que dura 13 minutos, é mais econômico: sai por 9 euros (R$ 49).

Quem quiser celebrar esta mini aventura pode ainda brindar a conquista no restaurante ou no bistrô no topo do Solaro, próximo à estação. Enquanto o primeiro abre apenas para a temporada de verão, o segundo está aberto para os frequentadores o ano todo e frequentemente oferece drinks e música ao vivo.

Para realizar os passeios de teleférico, é importante também se atentar aos horários que mudam de acordo com a estação: embora aberto nos doze meses do ano, a atração funciona das 9h30 às 15h30 entre novembro e fevereiro. O horário de fechamento é estendido para as 16h entre março e abril e para as 17h entre maio e outubro.