PUBLICIDADE
Topo

Cannoli, tradicional doce italiano, teria origem erótica; saiba qual é

Cannoli - arinahabich/Getty Images/iStockphoto
Cannoli Imagem: arinahabich/Getty Images/iStockphoto

De Nossa

13/05/2022 14h19

A Itália guarda alguns segredos curiosos — uma região onde o italiano não é falado, um vilarejo que tem sua própria princesa e quer independência —, mas as origens de suas delícias mais famosas contam, por vezes, histórias apimentadas.

Tão tradicional que rendeu até uma cena em "O Poderoso Chefão", cannoli se misturam à história da Sicília e mais especificamente da cidade de Caltanissetta, onde a sobremesa teria sido criada inspirada em... Um pênis.

Segundo a lenda local, o primeiro cannolo (no singular, já que "cannoli" é plural em italiano) foi feito pelas amantes de um emir árabe que estava instalado na região com o objetivo de celebrar a potência sexual do seu mestre, daí a forma fálica do doce recheado com creme de ricota.

"As origens desta deliciosa massa são cheias de lendas e mitos, mas há alguns elementos históricos reais que nos fazem acreditar e apoiar nossa paternidade [dela]", contou o prefeito de Caltanissetta, Roberto Gambino, à emissora americana CNN nesta sexta (13).

Cannoli com pistache - donfiore/Getty Images/iStockphoto - donfiore/Getty Images/iStockphoto
Cannoli com pistache
Imagem: donfiore/Getty Images/iStockphoto

"Caltanissetta foi fundada por árabes e é provável que houvesse um harem aqui que o emir mantinha repleto de mulheres que criaram o cannolo. O nome Caltanissetta vem do árabe 'qal-at-nisa', que se traduz em 'cidade das mulheres'", explicou.

O relato da tal cidade das mulheres, confinadas no castelo de Pietrarossa, ainda aparece em textos em latim, produzidos em outras cidades-Estado italianas durante a Idade Média — o que dá ainda mais força à teoria, segundo Roberto. É delas a herança siciliana de chamar o cannolo de "Cajado de Moisés" ou "Cetro do Rei".

Apesar de sua origem ousada, o doce se perpetuou na história graças a quem fez voto de castidade. É que o tal castelo de Pietrarossa, construído no século 9 como uma espécie de fortaleza de observação dos árabes, ganhou um convento como vizinho no século 11.

Com o tempo, a maioria dos cannoli sicilianos mudou de sabor e ingredientes - CHICCODODIFC/GETTY IMAGES - CHICCODODIFC/GETTY IMAGES
Com o tempo, a maioria dos cannoli sicilianos mudou de sabor e ingredientes
Imagem: CHICCODODIFC/GETTY IMAGES

"Quando o domínio árabe acabou em 1086 com a ascensão do Império Normando, os árabes que viviam em Caltanissetta não foram expulsos nem fugiram. Eles se converteram ao cristianismo e foram assimilados à sociedade", explicou ainda a pesquisadora local Rosanna Zaffuto à CNN.

Resultado? As receitas do harem foram passadas às "chefs" que zelavam pelas receitas de doces da região: as freiras. Elas costumavam servir as delícias em tempos de festas pagãs, como o Carnaval, quando não era socialmente recriminável manter tradições antigas, como a adoração de objetos fálicos que celebrassem a fertilidade e a vida.

Os cannoli então permanecem refletindo os ingredientes e a sociedade da região; hoje o recheio original de ricota e mel deu lugar a outras misturas mais modernas que incluem chocolate, pistache, entre outros.