PUBLICIDADE
Topo

Casa ou apê? Este dúplex une o melhor dos mundos com "cozinha de estar"

Cozinha no segundo andar é um dos charmes da casa de Daniela e Willians   - Arquivo pessoal
Cozinha no segundo andar é um dos charmes da casa de Daniela e Willians Imagem: Arquivo pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

12/05/2022 04h00

Assim que ficaram noivos, Daniela Gallinucci Valverde e Willians Valverde começaram a busca em Santo André, SP. Queriam uma casa dos sonhos, com aquele espaço generoso para receber amigos e fazer churrasco sem pressa aos fins de semana. Mas a realidade era desanimadora, repleta de preços altos ou casas antigas que levariam anos de uma reforma custosa.

Quando o corretor de imóveis sugeriu um apartamento sem condomínio, o casal não entendeu nada.

"Descobri que são edifícios de três andares em que o primeiro pavimento é um apartamento padrão e o segundo se transforma em dúplex. Com poucos moradores, não é necessário a estrutura de uma área de lazer e de profissionais como zelador, porteiro e pessoas para fazer limpeza do hall. Tudo é dividido entre quatro famílias", conta Daniela.

Essa opção era muito mais em conta que as outras — ventos favoráveis para quem está começando a vida, não?

Desde então, de quatro anos para cá, quando tomou a decisão, o casal vive o sonho de uma casa — mas à altura de um apartamento. "Dá muito certo. Mesmo com opiniões diferentes, meus vizinhos são ótimos, tivemos muita sorte", diz ela. Na porta ao lado, aliás, estão os melhores amigos da dupla.

A sacada-desejo

Porém, geralmente, em apartamentos assim a cozinha e salas de estar e jantar ficam posicionadas no primeiro andar, e área íntima o segundo. Dani preferiu inverter: área de lazer em cima, quartos embaixo.

Eu queria uma ilha e fazia muito sentido que ela ficasse em cima, sem que o cheiro da comida fosse para os quartos. Aproveitar a vista do parque também era importante", conta.

Área de lazer no segundo andar - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Área de lazer no segundo andar
Imagem: Arquivo pessoal
Balanço na área externa do segundo andar - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Balanço na área externa do segundo andar
Imagem: Arquivo pessoal

Próximo dos quartos, no primeiro andar, há uma copa-bar que resolve o fato de precisar subir para refeições rápidas. No @acasa.do_parque ela explica os detalhes do que se tornou sua cozinha de estar — tem piscina, balanço, mesinha ao ar livre e a vista do verde.

Gerente financeira, ela compartilha as experiências por hobby. "Por conta da viralização do começo vieram parcerias e amizades, mas não vivo produzindo conteúdos mirabolantes. Não dá tempo". Para ela, pensar no uso da casa foi a chave para se sentir realizada ali. "Só tivemos benefícios pensando em como funcionava melhor para nós. Se fosse começar tudo de novo, faria do mesmo jeito".

Dicas da Dani para ter um lar inspirador

  • Verde, sempre. "Sempre tenha plantas em qualquer ambiente. Elas dão vida, decoram sem gastar muito. Basta buscar as de manutenção mais fácil."
  • Não gaste muito com acessórios. "Almofadas ou mantas caras, por exemplo. Sempre enjoamos de cor e material, assim como não usamos a mesma roupa direto. Tem muitos desses acessórios com preços bons e é neles que devemos investir.";
  • Crie seus móveis. "A mesa de jantar, por exemplo, pintamos e 'ganhamos' um conjunto novo, gastando menos. A cristaleira que era vermelha foi relaqueada e ganhou vida nova também. Isso é sustentabilidade de verdade, reutilizar o que você tem em casa.";
  • Pedra na bancada da cozinha. "Economizei e fui de quartzo branco. Não me arrependo. Compre com alguém que entenda, porque existe o que é específico para cada ambiente. Sobre medo de estragar, toda pedra estraga com panelas quentes. Se cair vinho, passe esponja com saponáceo e pronto. Tá linda de novo.";
  • Móveis neutros. "Sempre que você escolhe tons neutros para móveis maiores, tem mais facilidade para brincar com complementos. Sofá e bancada são bons exemplos: possibilitam essa troca gastando menos."