PUBLICIDADE
Topo

Pacote 'Burnout': hotéis passam a oferecer detox de stress do trabalho

O Larimar Hotel & Spa, na Áustria, um dos locais que estão investindo no "turismo de relaxamento" - Reprodução
O Larimar Hotel & Spa, na Áustria, um dos locais que estão investindo no 'turismo de relaxamento' Imagem: Reprodução

De Nossa

28/01/2022 15h37

Sair de férias sempre foi uma das maneiras mais comuns de se afastar um pouco do estresse da rotina.

No entanto, a covid-19 parece ter dado um empurrãozinho para uma segunda pandemia, mais silenciosa, permeada por um excesso de reuniões no Zoom e períodos mais longos de isolamento social: a da Síndrome de Burnout, um cansaço e esgotamento emocional intenso que foi categorizado como doença ocupacional pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em 2022.

Como resposta rápida a essa nova realidade, hotéis já começam a oferecer novos tipos de pacotes de viagens: aqueles com retiros e mini "férias-detox" pensadas justamente para quem precisa de uma dose potente e instantânea de relaxamento. Veja alguns deles:

Retiro na República Tcheca

O Castle Hotel Collection, um complexo de dois castelos históricos em Marianske Lazne, na República Tcheca, lançou um "Programa de Recuperação da Síndrome de Burnout".

O pacote de sete dias — que pode ser estendido conforme a necessidade ou desejo do hóspede — inclui dois tratamentos de bem-estar e uma atividade física por dia, dieta com menu gourmet e uma consulta com o expert que coordena o programa no primeiro dia, para avaliar seu estado e determinar as necessidades do viajante.

O custo do programa, já com as cinco refeições diárias inclusas, é de 680 euros, ou R$ 4.100 por semana. No entanto, é preciso pagar a hospedagem à parte e diárias custam a partir de 125 euros (R$ 753), valor que pode receber 10% de desconto para quem comprou o pacote Burnout.

Entre os tratamentos estão massagem com pedras quentes, banho romano e turco, massagem-detox com mel, drenagem linfática, sauna, workshop de respiração, entre outros. Já as atividades físicas incluem caminhada na floresta, pesca no lago do castelo, esqui na pista do resort, andar a cavalo, aeróbica, andar de bicicleta, etc. É possível ainda incluir uma visita ao cassino e à pista de golfe da região.

Relaxando na Tailândia

O Absolute Sanctuary, em Koh Samui, também tem seu Pacote Antiestresse e Burnout, com versões de 5 a 10 dias, que inclui avaliação de bioimpedância, jantar de boas-vindas, três "refeições de bem-estar" diárias, dois sucos ou vitaminas diários, grupo de pilates, aulas de yoga, meditação, piscina, sauna, além de tratamentos de spa que podem ser selecionados pelo visitante.

Entre eles estão massagens, esfoliação, reiki, limpeza de pele, uma aula de gestão do estresse e etc. O custo pode variar de acordo com a duração, número de tratamentos agendados e o tipo da hospedagem, mas o pacote sai por a partir de 71.600 bahts, ou R$ 11.600 por cinco dias.

"Cura" em duas semanas na Áustria

O programa de 14 noites do Larimar Hotel & Therme-Spa, em Stegersbach, tem como objetivo livrar o viajante do estresse de vez.

Ao chegar, o visitante passa por avaliação médica, seis consultas com psicoterapeuta, seis tratamentos físicos de cura, checagem de minerais presentes no corpo, dois treinamentos guiados de relaxamento, duas checagens de estresse, sono, vitalidade através do monitoramento 24 horas do batimento cardíaco e uma nova avaliação médica antes da volta para casa.

O pacote pode custar a partir de 3.070 euros — ou R$ 18.463 — por pessoa pelas duas semanas de recarga de baterias. O spa oferece tratamentos de Ayurveda e até serviços de beleza, como manicure e limpeza de pele, embora estes não estejam inclusos no programa.