PUBLICIDADE
Topo

Parece tangerina, mas é um cogumelo com textura de pão e adocicado; conheça

Pão de índio ou indiano: textura como a de um pão de fermentação natural - Felipe Schaedler
Pão de índio ou indiano: textura como a de um pão de fermentação natural Imagem: Felipe Schaedler

De Nossa

21/01/2022 09h46

Com algumas exceções, como o shimeji, o shiitake e o Paris, o consumo de boa parte dos cogumelos fica restrito a certa região. Na Patagônia, por exemplo, é abundante o Cyttaria darwinii. Curioso, ele lembra a mexerica pela aparência alaranjada e o tamanho.

Numa viagem por Ushuaia, a Terra do Fogo, na Argentina, o chef Felipe Schadler encontrou o fungo e contou que o sabor é adocicado e a textura lembra a de um pão de fermentação natural.

Pão de índio - Felipe Schaedler - Felipe Schaedler
Cogumelos em formato de bola crescem na árvore faia do sul
Imagem: Felipe Schaedler

O Cyttaria darwinii foi batizado em homenagem ao naturalista, geólogo e biólogo Charles Darwin. Ele coletou a espécie durante sua viagem à Terra do Fogo no navio HMS Beagle, em 1832. No dia a dia, porém, a iguaria leva o nome de de pé de índio/indiano.

O cogumelo cresce como um parasita na árvore faia do Sul em países da América do Sul, especialmente Chile, Uruguai e Argentina. Seu consumo faz parte da tradição dos povos nativos da região.

Mais cogumelos incríveis

Cogumelo - Frango da floresta - 31 Restaurante - 31 Restaurante
Frango da floresta: textura de carne branca
Imagem: 31 Restaurante

Outros tesouros do reino fungi são o cogumelo com gosto de pastrami (carne bovina curada e defumada), apresentado ao mundo da gastronomia pelo premiado cozinheiro René Redzepi, do Noma (Dinamarca), e o Laetiporus sulphureus.

Sazonal, ele cresce em carvalhos, eucaliptos, teixos, castanheiras e salgueiros e chega a ter 45 quilos. É popularmente conhecido como frango da floresta pela textura similar a da ave. No ano passado, uma colheita feita no Sul do Brasil possibilitou a iguaria ir à mesa do 31 Restaurante, em São Paulo.