PUBLICIDADE
Topo

Tem pastel de nata na China - e muito! Aprenda receita famosa em Hong Kong

Pastel de nata: fácil de encontrar na China - Carlos Chen
Pastel de nata: fácil de encontrar na China Imagem: Carlos Chen

Gabrielli Menezes

De Nossa

12/01/2022 04h00

Carlos Chen

Carlos Chen

QUEM É

Filho de imigrantes chineses, o jovem de 24 anos gosta de conhecer outras culturas comendo. Na pandemia, se virou para aprender a cozinhar e encontrou na internet um mundo. Ele publica as receitas que testa casa no TikTok.

Não são só os brasileiros que estão longe de Portugal e adoram um pastel de nata. Os chineses também. Chamado de dàn tã, que significa pastel de ovo, é encontrado com facilidade principalmente no Sul do país, tem preços atrativos e faz par perfeito para o chá da tarde.

Em Hong Kong, uma das lojas mais famosas é a Tai Cheong, que vende o docinho na Ásia desde a década de 1950. Por lá, a pedida tem massa quebradiça e recheio suave e amarelado — sem canela.

Outra versão da sobremesa, mais docinha, caramelizada e preparada com massa folhada, é característica de Macau. Sua popularização é atribuída a Andrew Stow.

Pastel de nata chinês - Carlos Chen - Carlos Chen
No estilo de Hong Kong, topo não é caramelizado
Imagem: Carlos Chen

O farmacêutico britânico foi trabalhar na China no final dos anos 1970 e, ao ser mandado embora, passou a se sustentar vendendo uma receita própria da especialidade portuguesa.

A pedida caiu no gosto da comunidade e, hoje, está também nas Filipinas e no Japão por meio da franquia que leva o seu nome, a Lord Stow's Bakery.

Colônias da Inglaterra e de Portugal, tanto Hong Kong quanto Macau, respectivamente, incorporaram alguns hábitos europeus, como a adoração pelo pastel de nata.

Filho de chineses, o paulistano Carlos Chen compartilha no TikTok as suas aventuras na cozinha e cedeu a Nossa o preparo do dàn tã típico de Hong Kong.

Confira a receita completa clicando na imagem abaixo:

Dan ta (pastel de nata chinês)

Dificuldade Fácil
6 porções
100 min
Ver receita completa

Tiktoker sem fronteiras

Desde o início da pandemia, Carlos fica sozinho em casa. Na ausência dos pais e principalmente da mãe, que cozinha comidinhas chinesas para o dia a dia, teve que se virar para almoçar e jantar.

Assim, o jovem de 24 anos que é correspondente na TV estatal chinesa começou a colocar em prática o interesse que carrega desde a infância. "Sempre comi mais que as outras pessoas".

Carlos Chen - Carlos Chen - Carlos Chen
Imagem: Carlos Chen
Carlos Chen - Carlos Chen - Carlos Chen
Imagem: Carlos Chen

Por incentivo dos amigos, ele, que cursou relações internacionais e consome conteúdo de culinária de diferentes países na internet, resolveu colocar a cara no TikTok ao testar receitas de vários cantos do mundo.

Quero mostrar coisas além do estereótipo. Acho interessante para abrir a cabeça das pessoas em relação a outras culturas".

Mais de um ano depois, o perfil na rede social soma 336 mil seguidores e tem vídeos de doces e salgados da Jamaica, da França, de Madagascar, da Itália, do Japão, do Vietnã, dos EUA e, é claro, do Brasil e da China.

Assista à receita:

@carlossnchen Receita de pastel de nata chinês que se chama ?? dàn t?! Um doce leve e fácil de fazer! #fy #fyp #doce #receita #comida #pastry #tiktokfood ? It's Tricky - RUN DMC