PUBLICIDADE
Topo

Banho-maria invertido: aprenda truque para resfriar alimentos com rapidez

Frutas que estavam na churrasqueira resfriadas no banho-maria invertido - Mariana Pekin/UOL
Frutas que estavam na churrasqueira resfriadas no banho-maria invertido Imagem: Mariana Pekin/UOL

De Nossa

07/01/2022 09h50

Você provavelmente já ouviu o termo "banho-maria", seja no caderno de receitas da sua avó ou em episódios de realities culinários. Sua função é aquecer lentamente e com homogeneidade algum alimento ao submetê-lo ao calor indireto de água quente ou fervendo.

O fogo esquenta a água de uma panela e o seu vapor esquenta a comida que está dentro de um recipiente apoiado na panela. A técnica é comumente usada para derreter chocolate, cozinhar pudim e até fazer macarrão carbonara. O método considerado o oposto foi chamado de "banho-maria invertido".

Banho-maria tradicional: usado, entre outras coisas, para derreter chocolate - NatashaPhoto/Getty Images/iStockphoto - NatashaPhoto/Getty Images/iStockphoto
Banho-maria tradicional: usado, entre outras coisas, para derreter chocolate
Imagem: NatashaPhoto/Getty Images/iStockphoto

Trata-se de uma maneira de esfriar com eficiência e unidade preparos que acabaram de sair do forno, da panela ou da churrasqueira.

O objetivo pode ser tanto abaixar a temperatura quanto interromper o cozimento para conservar a textura.

Explica-se: mesmo quando retirados do contato com o calor, a quentura residual faz com que ingredientes como legumes, grãos e macarrão continuem a cozinhar — e amolecer.

No lugar da água fervendo, usa-se uma tigela cheia de água e gelo para servir de apoio para o bowl com a comida.

Para testar em casa

Bruno Salomão, apresentador de "Vai Ter Churras", optou pelo banho-maria invertido para resfriar a salada de frutas defumada na brasa.

Clique na imagem abaixo e confira a receita na íntegra:

Salada de frutas tostadinha

Dificuldade Fácil
30 min
Ver receita completa