PUBLICIDADE
Topo

Tomate seco caseiro: aprenda conserva mais suave e "carnuda" que de mercado

Tomates secos no forno com misturinha de sal e açúcar - Carol Francelino
Tomates secos no forno com misturinha de sal e açúcar Imagem: Carol Francelino

Gabrielli Menezes

De Nossa

05/01/2022 04h00

Carol Francelino

Carol Francelino

QUEM É

Ela absorveu a paixão das avós e, aos 17 anos, decidiu transformar em profissão. Fez faculdade, pós-graduação e soma 12 anos na área. Participou do "Mestres do Sabor", na Globo, e trabalha no icônico Mocotó, na Zona Norte de SP.

O tomate seco feito em casa vai surpreender até quem cata o ingrediente com os dedinhos dentro de sanduíche, risoto, bolinho e pastel. Ao contrário daqueles de supermercado, a versão artesanal é mais carnuda e tem sabor mais suave.

"A vantagens é produzir o tomate seco da maneira que você quiser, mais seco ou menos seco, com as ervas e temperos que deseja", diz a cozinheira Caroline Francelino, que cedeu a receita a Nossa.

Tomate seco - Instachef - Carol Francelino - Carol Francelino
Sal e açúcar: vão sobre o tomate
Imagem: Carol Francelino

O processo é simples e começa com os tomates cortados em quatro partes indo para o forno.

A cada 20 minutos, durante uma hora, você deverá polvilhar sobre a assadeira uma mistura de sal e açúcar.

Quando a fruta estiver suficientemente seca, é hora de fazer uma conserva de azeite num pote de vidro bem higienizado.

Nesse momento, junte os sabores de que gostar. Carol sugere colocar alho, tomilho e alecrim.

Tomate seco - Instachef - Carol Francelino - Carol Francelino
No forno por 1 hora: manutenção a cada 20 minutos
Imagem: Carol Francelino

Guarde na geladeira e, sempre que for comer, tire 10 minutinhos antes. Quanto mais tempo o tomate ficar curtindo nos temperos, mais acentuado seu gosto ficará.

Sugiro usar em sanduíches, tortas, saladas e pizzas. Uma combinação bacana é usar os tomatinhos com queijos suaves, ervas e azeitonas".

Clique na imagem abaixo e confira a receita completa:

Tomate seco

Dificuldade Fácil
Ver receita completa

Cozinheira decidida

Nascida e criada na Zona Norte de São Paulo, Caroline soube desde menina que as comidas das avós atraiam a sua atenção mais do que a de outras crianças.

Comecei a me interessar por cozinha através dessa relação. Elas cozinhavam e eu gostava de acompanhar e de comer, é claro"

Tomate seco - Instachef - Carol Francelino - Carol Francelino
Pote de conserva com temperos a gosto
Imagem: Carol Francelino

Ela pegava a erva-doce para experimentar direto do jardim e devorava os biscoitos amanteigados feitos em casa. Aos 17, quando teve que escolher uma profissão, nem titubeou: queria ser cozinheira.

E assim foi. Entrou gastronomia na Anhembi Morumbi e começou a trabalhar como estagiária no restaurante Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira.

De lá pra cá, Caroline colecionou uma série de experiências profissionais. Entre elas a pós-graduação no Senac, um estágio no premiado El Celler de Can Roca, em Barcelona, e a participação no programa "Mestres do Sabor", da Globo.

Carol Francelino: pupila de Rodrigo Oliveira - Reprodução - Reprodução
Carol Francelino: pupila de Rodrigo Oliveira
Imagem: Reprodução

A cozinheira entrou para o time de Leo Paixão na última edição do reality com uma receita de bochecha de porco, mil-folhas de mandioca e vinagrete de feijão-de-corda com caju.

Desde a aparição em rede nacional, ela se dedica à produção de conteúdo para as redes sociais. Sua ocupação principal, porém, está na Vila Medeiros.

De volta ao Mocotó, Carol desenvolve e testa receitas, junto de Rodrigo Oliveira, para eventos e restaurantes, além de fazer parte do setor de qualidade e produção.