PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Fotógrafa dá a tutores ensaios com seus cães que têm doenças terminais

Cudi e Annelise no ensaio final feito por Julia Earhart - Reprodução/Instagram Julia Earhart
Cudi e Annelise no ensaio final feito por Julia Earhart Imagem: Reprodução/Instagram Julia Earhart

De Nossa

07/12/2021 04h00

A fotógrafa Julia Earhart encontrou uma forma de dar conforto e um presente de despedida a pessoas que têm cães no fim de suas vidas: um último ensaio entre tutor e animal como lembrança do tempo feliz que passaram juntos.

Ao "Today" da emissora norte-americana NBC, ela contou que não cobra pelas sessões de fotos para que as famílias possam investir em medicamentos, cuidados e brinquedos para os bichos com doenças terminais.

"Os ensaios podem ser muito emocionantes e difíceis, é claro. Mas quando você olha para as fotos, pode ver que a felicidade é possível mesmo quando não resta muito tempo", acredita a profissional de 24 anos de Dearborn, no estado de Michigan.

Ela costuma dividir algumas das histórias das famílias de humanos e cachorros junto com fotos em suas redes sociais, emocionando quem acompanha o trabalho.

Uma dos casos de maior repercussão foi o de Cudi, de 8 anos, que luta contra um câncer bastante agressivo. A fotógrafa segue atualizando os seguidores em seu estado de saúde, que se mantém estável, após receber muitas mensagens perguntando sobre ele.

A tutora de Cudi, Annelise Nearon, disse que a experiência de receber os registros feitos por Julia dos dois juntos foi de enorme impacto para ela.

"Quando vi as fotos, imediatamente comecei a chorar. Elas tocaram meu coração de uma forma que não consigo explicar. Mas saber que eu tenho estas fotos para sempre, para honrar a memória dele e me lembrar de Cudi é algo pelo qual sou imensamente grata", disse ao programa.

Shane Riska e sua labrador de 13 anos, Maizie, que luta contra um tumor, foram fotografadas em um lugar para lá de especial para as duas: o parque em que costumavam brincar quando elas eram mais jovens.

"Meu coração doeu ao olhar para as fotos sabendo que estas são as últimas festas de fim de ano que passarei com ela. Mas serei para sempre grata por este presente lindo que me foi dado", desabafou.

A ideia de Julia surgiu de sua própria experiência com animais.

Meus cachorros são meus filhos. Eu faria qualquer coisa por eles. Então nunca considerei pedir às pessoas que pagassem. Eu só quero ajudar a trazer algum conforto naqueles últimos dias".

No entanto, após divulgar seu trabalho em grupos de amantes de pets no Facebook e da repercussão da iniciativa na imprensa americana, a fotógrafa não está dando conta de encaixar todos os ensaios gratuitos de interessados em sua agenda de trabalhos remunerados.

Por isso, ela anunciou na última quarta (1) que continuará agendando por ordem de interesse os pedidos gratuitos, mas que oferecerá sessões pagas com descontos para famílias que podem custear a lembrança.