PUBLICIDADE
Topo

Delicada e versátil, Mosquitinho é flor para quem quer ar romântico em casa

Mosquitinho, Véu de Noiva, Branquinha ou Cravo do amor: plantinha faz sucesso - Getty Images/iStockphoto
Mosquitinho, Véu de Noiva, Branquinha ou Cravo do amor: plantinha faz sucesso
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

04/12/2021 04h00

Cheia de delicadeza, a planta Mosquitinho, facilmente conhecida pelas suas inconfundíveis flores brancas e pequeninas, é uma aposta acertada para quem quer levar um ar romântico e cheio de poesia para a decoração de interiores.

Muito versátil, a planta é capaz de decorar eventos, ambientes e também pode ocupar um lugar de destaque em floreiras e jardins, uma vez que não é difícil de ser cultivada em casa, sobretudo em regiões de clima quente e seco.

Popularmente, a planta também é conhecida como Véu de Noiva, Branquinha ou Cravo do amor.

Segundo o produtor Alexandre Cavalcanti, um dos sócios do @sitio.ramalho, que cultiva a Gypsophila paniculata (nome científico da planta) em larga escala, quem quiser se arriscar a ter a sua muda em casa, vai precisar de um vaso de tamanho médio.

Mosquitinho não é difícil de ser cultivada em casa mesmo - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Mosquitinho não é difícil de ser cultivada em casa mesmo
Imagem: Getty Images/iStockphoto

"A terra tem que estar bem fofa e para plantar mais de uma muda por vaso, é preciso dar um espaço de 20 cm entre cada uma", diz Alexandre, frisando que em um vaso redondo cabem quatro mudinhas.

A Gypso é uma planta que gosta de muito sol e calor e não exige muitas regas, que podem ser feitas apenas duas vezes na semana.

A dica é que se não estiver num quintal, o vaso precisa ficar perto da janela, pois ela gosta realmente de muito calor, uma vez que é originária do norte da África", detalha.

Alexandre explica que quem optar por plantar a Mosquitinho em jardins, deve prestar muita atenção a formigas.

Quem mora em regiões muito frias, mas também deseja plantar a Mosquitinho em vasos, precisa adequar o ambiente e deixar uma luz acesa durante a noite perto da planta, por pelo menos duas horas. "No clima frio a Gypso não abre", comenta Alexandre.

Mosquitinho gosta de sol e terra fofa - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Mosquitinho gosta de sol e terra fofa
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Decoração versátil

Para usar a Mosquitinho em arranjos e vasos vale ficar atento a uma dica do produtor: depois do corte, coloque um pouco de açúcar na água. Elas durarão até 10 dias esbanjando beleza.

"Depois desse período, ainda dá para prolongar a vida da Gypso, usando-as em arranjos secos, que ficam muito bonitos também", completa Ari Magatti, também sócio do Sítio Ramalho.

Decoração com Mosquitinho fresco - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Decoração com Mosquitinho fresco
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Além de sua versatilidade, a Mosquitinho também é uma opção de flor para arranjos muito econômica, pois um único maço pode render diversos arranjos e inspirar muitas composições.

A biomédica Dayane Martins é tão fã da Mosquitinho que encheu a casa toda de arranjos da planta. "Sempre compro em forma de pequenos buquês e, como são bem cheios, consigo dividir em várias porções e distribuir em vários vasinhos pela casa", diz.

Decoração com Mosquitinho seco - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Decoração com Mosquitinho seco
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Além de usar as flores em vasos com água por alguns dias, Dayane também é gosta da versão seca.

Das duas formas são lindos, mas o meu preferido é o arranjo fresco. Uso em todos os cômodos, principalmente na mesa posta. Eles são delicados e combinam com qualquer composição", acrescenta.

Mais de seus arranjos inspiradores com Mosquitinho podem ser vistos no perfil @nosso.2.0.2.