PUBLICIDADE
Topo

"Vestido para o casamento do meu filho repetiu a estampa da mãe da noiva"

Isabel Simon ao lado da mãe de Arthur - Arquivo Pessoal
Isabel Simon ao lado da mãe de Arthur Imagem: Arquivo Pessoal

Isabel Simon em depoimento a Marilia Marasciulo

Colaboração para Nossa

08/11/2021 04h00

Isabel Cristina da Silva Simon

Isabel Cristina da Silva Simon

Profissão

Advogada

Minha roupa com história

Vestido estampado comprado para o casamento do meu filho

Em 2019, meu único filho, Arthur, se casou com a Sarah, também filha única. O acontecimento era muito aguardado em ambas as famílias, pois eles namoravam há 11 anos, desde os 15 anos de idade. Estávamos todos muito alegres por poder celebrar a união.

Resolvi, então, escolher o vestido mais bonito que eu achasse para comprar para a cerimônia, tanto civil quanto religiosa. Fui à loja de uma grande amiga, porque confiava no bom gosto dela e sabia que ela poderia me ajudar. Eu precisava dessa "assessoria" para encontrar um vestido especial para a data.

Isabel Simon com o vestido para o casamento da filha - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Isabel Simon com o vestido para o casamento da filha
Imagem: Arquivo Pessoal

Minha amiga me mostrou vários modelos, mas disse que tinha um que achava a minha cara, de uma marca que só ela vendia na cidade. De fato, foi o que eu escolhi. Gostei de tudo: da estampa com folhagens, do caimento, do tecido, do corte. Parecia mesmo ter sido feito para mim. E olha que sou muito chata para comprar roupas!

Quando cheguei ao cartório, qual não foi a minha surpresa ao ver a roupa da mãe da noiva? Uma saia e uma blusa? Com a estampa igual a do meu vestido! Não acreditei, claro.

Tinha sido escolhido a dedo, era peça única na loja, nem outros tamanhos tinha. O mais impressionante é que ela também tinha escolhido a dela a dedo — tinha ido até outra cidade para comprá-la!".

Isabel Simon ao lado da mãe de Sarah, a noiva - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Isabel Simon ao lado da mãe de Sarah, a noiva
Imagem: Arquivo Pessoal

Depois do susto, caímos na risada. E caiu também a ficha: a conexão entre nós duas, as mães, era tão bonita e forte quanto a de nossos filhos. Aliás, entre os seis: o casal e seus pais. Afinal, não dizem que uma pessoa não casa só com outra, mas também com a família dele ou dela? Nossas roupas simplesmente refletiam isso.

Depois da cerimônia, nós duas usamos muito pouco nossas peças com a mesma estampa. Até que, no Natal de 2020, festejamos todos juntos em um jantar na casa dos pais da Sarah. Adivinha qual roupa eu e a mãe dela usamos, sem ter combinado nada antes?

Como usar

Elegância tropical

Estampas de folhagem trazem leveza e graça até às situações formais. O segredo é apostar em fundos neutros — branco ou preto são infalíveis — e coordenar outras peças ou acessórios com os tons da estampa ou do fundo.

Túnica

O minimalismo do vestido túnica, com corte reto, mangas e decote em v, é um aliado do guarda-roupa feminino. Seja com sandálias ou escarpins de salto, o resultado são looks que esbanjam charme e elegância.