PUBLICIDADE
Topo

"Imitar Lula e Bolsonaro é mais fácil do que o Haddad", diz Marcelo Adnet

Bruno Calixto

Colaboração para Nossa, do Rio de Janeiro

24/10/2021 04h00

Sobram referências quando falamos em imitar alguém ou debochar do cotidiano de uma forma muito inventiva. Marcelo Adnet, convidado do programa "Botequim da Teresa", comandando pela cantora Teresa Cristina, sabe bem disso e mais:

"Não tem muita regra criar a imitação, o (Fernando) Haddad eu demorei para pegar, o (Cabo) Daciolo menos, algo muito histriônico. Imitar Lula e Bolsonaro é mais fácil do que o Haddad, que é mais contido", diz.

Para o artista, o grande barato não é a imitação de voz ou gesto, mas o pensamento, a semântica, a bagagem das experiências e sensações.

A imitação sai do lugar de simples reencenação para entrar no lugar da desconstrução do imitável"

Marcelo Adnet imita o presidente Jair Bolsonaro no quadro "Sinta-se em Casa" - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Marcelo Adnet imita o presidente Jair Bolsonaro no quadro "Sinta-se em Casa"
Imagem: Reprodução/Twitter

Sobre seus ídolos no humor, são muitos, desde programas nacionais como "Os Trapalhões", "Casseta & planeta" e "TV pirata" até ídolos de fora, à la Peter Sellers (ator e comediante britânico que morreu em 1980) e o grupo Monty Python, de esquetes inacreditáveis.

Hoje em dia, o humor vive em coisas inimagináveis, pessoas falando o que não existe, blogueira dando conselhos de saúde de sucesso... Agora a gente achou o humor em coisas que não tinha acesso, descentralizado, democratizado e sofrendo modificações como a internet. Uma revolução imensa"

Ao fim do bate-papo, o convidado atende a dois pedidos de Teresa: xingar Bolsonaro em bósnio e imitar Lula numa mensagem de esperança. "Uma companheira que dá voz a tantas pessoas que têm tanto o que dizer mas que ficam com seu grito entalado na garganta", dispara o humorista, trazendo voz e trejeitos do petista.

Teresa Cristina entrevista Marcelo Adnet no Botequim da Teresa - Zô Guimarães/UOL - Zô Guimarães/UOL
Bastidores da entre de Teresa Cristina com Marcelo Adnet no "Botequim da Teresa"
Imagem: Zô Guimarães/UOL

"Penso que você está sempre com Martinho da Vila"

Ao longo da conversa com Teresa Cristina, Marcelo Adnet desfila sua admiração pela cantora: "Tem pessoas que admiro demais, quando te mando algumas mensagens fico com medo tremendo, penso que você está sempre com Martinho da Vila".

E também relata sua devoção ao Carnaval, em especial aos sambas-enredo, seara que vem trafegando com hegemonia que só os artistas que jogam nas onze têm.

Sou uma pessoa insuportável, apaixonado por samba-enredo, eu assistia desfiles dando nota para as escolas, sempre gostei da São Clemente, mas na década de 90 era Mocidade, o primeiro samba que lembro que amei foi 'tem xinxim e acarajé...', cantava quando criança"

Adnet em desfile da São Clemente, em 2020, fantasiado de Bolsonaro - Thyago Andrade/Ag News - Thyago Andrade/Ag News
Adnet em desfile da São Clemente, em 2020, fantasiado de Bolsonaro
Imagem: Thyago Andrade/Ag News

Depois de solar alguns versos de "A verdade vos fará livre", samba-enredo da Mangueira de 2020, feito por Manu da Cuíca, ele narra um bastidor envolvendo o momento em que chamou Teresa Cristina para criarem o tema para concorrer na São Clemente, que vai prestar uma homenagem a Paulo Gustavo no próximo carnaval.

"Imagina dar de cara com Teresa Cristina na quadra da escola, super de boa, curtindo, foi tão iluminador. Nosso assistente veio falar, então pensamos: 'e se convidarmos Teresa?'. Há uma tremenda falta de mulher nisto. Falta diversidade na composição do samba-enredo", diz Adnet, que não economiza nas imitações de puxadores e intérpretes, como Emerson Dias.

Atualmente, Marcelo Adnet vem se divertindo com as aulas de natação da filha Alice, de 8 meses. Patricia Cardoso, mulher do ator, vive registrando momentos da dupla na piscina nas redes sociais. Antes de ela nascer, Adnet fazia o Brasil inteiro rir das suas imitações perfeitas feitas em casa. Como lembra Teresa:

Ele nos salvou do ócio neste momento tão complicado e encheu nosso coração de alegria"

Samba, série e Teresa

O "Botequim da Teresa" vai ao ar todas as sextas-feiras, às 11 horas, no Canal UOL e no YouTube de Nossa (inscreva-se já para receber os lembretes). Em cada episódio, Teresa Cristina recebe um convidado especial e ensina a fazer os petiscos clássicos de alguns do botequins mais famosos do Rio de Janeiro. O programa é uma coprodução de Nossa e MOV, a plataforma de vídeo do UOL.