PUBLICIDADE
Topo

Países do Mercosul terão protocolo único para viajantes na pandemia

O acordo foi firmado pelo ministro do Turismo do Brasil, Gilson Machado Neto; pela ministra do Turismo do Paraguai, Sofía Montiel; pelo ministro do Turismo do Uruguai, Tabaré Viera; e pelo ministro do Turismo e Esporte da Argentina, Matías Lammens, que participou por videoconferência - Reprodução/Roberto Castro/MTur
O acordo foi firmado pelo ministro do Turismo do Brasil, Gilson Machado Neto; pela ministra do Turismo do Paraguai, Sofía Montiel; pelo ministro do Turismo do Uruguai, Tabaré Viera; e pelo ministro do Turismo e Esporte da Argentina, Matías Lammens, que participou por videoconferência Imagem: Reprodução/Roberto Castro/MTur

De Nossa

23/10/2021 08h53

Os países-membros do Mercosul — Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai — e o associado Chile firmaram nesta sexta (22) uma parceria para unificar os protocolos que serão exigidos de viajantes para entrada nos países nesta fase de retomada do turismo após a covid-19.

O anúncio foi feito na 25ª Reunião de Ministros de Turismo do Mercosul, que aconteceu hoje no Recife (PE). Na prática, é esperado que a criação de um conjunto único de regras que se aplicam a cidadãos de todos os países simplifique a circulação de visitantes na região e estimule o mercado de viagens após as perdas provocadas pela pandemia.

As novas exigências devem ser definidas em nova reunião, entre os ministros da Saúde do bloco. Eles discutirão as medidas sanitárias necessárias, segundo o Ministério do Turismo. A liberação dos cruzeiros foi considerada uma prioridade pelos ministros Gilson Machado Neto, do Brasil; Sofía Montiel, do Paraguai; Tabaré Viera, do Uruguai; e Matías Lammens, da Argentina, que participou por videoconferência.

Os representantes de cada país ainda assinaram um documento formalizando um pedido de audiência com o Papa Francisco, para pleitear o reconhecimento do Caminho dos Jesuítas — entre Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Bolívia — como rota de turismo religioso, assim como é Santiago de Compostela, na Espanha.

O encontro ainda definiu uma marca única para a região, a "Visite a América do Sul", com o slogan "Um lugar, Vários mundos". A iniciativa tem o intuito de promover as viagens para todos os países do Mercosul no mundo todo.

"O grande desafio que temos agora é o de aumentar as frequências de voos. Os turistas que chegam ao Paraguai querem passar pela Argentina, percorrer o Uruguai e vir ao Brasil", opinou Sofía Montiel. A expectativa do ministro Gilson Machado é de que o novo protocolo unificado, ainda não definido, entre em vigor já em novembro.