PUBLICIDADE
Topo

Funcionário do Subway coloca frios em sanitário e destrói loja pela fama

De Nossa

22/10/2021 17h20

Um funcionário da rede de restaurantes Subway colocou frios em vaso sanitário, pisou em pães e recheios e vandalizou a loja em que trabalhava, em Providence, estado americano de Rhode Island, para ficar famoso.

Jumanne Clary fez uma série de vídeos publicados em diversos canais criados por ele no Youtube e nas redes sociais em que anunciava a ação e, em seguida, mostrava as cenas da destruição provocada no restaurante. Ele se dizia "desesperado pela fama" nas gravações e esperava que o conteúdo fizesse sucesso.

Apesar de parte do conteúdo já ter sido retirado do ar nos canais JumanneStruggled e JumanneWay, que constavam como oficiais nas redes do funcionário, clipes das ações continuaram a surgir em fóruns do Reddit e outros canais do Youtube. Com a repercussão do caso, ele foi demitido pela empresa na última semana, de acordo com a revista Newsweek.

"O Subway e sua rede de franquias levam saúde e segurança alimentar extremamente a sério e não toleram nenhum comportamento que viole nossas regras rígidas nestas áreas. Apesar de os restaurantes terem diferentes proprietários e serem operados individualmente, confirmamos com a franquia que o funcionário foi demitido imediatamente após suas ações terem sido descobertas", disse um porta-voz da empresa à publicação.

"Eu peguei a ideia de andar na comida e usar o vaso de outras coisas controversas que vi na internet. Não sei exatamente o quê, mas imaginei que fosse chamar atenção", relatou Jumanne à revista. Ele ainda afirmou que os vídeos foram resultado direto de experiências difíceis. "Muito do que aconteceu nos últimos cinco anos levou àqueles vídeos no Subway".

"Os donos da loja ficaram decepcionados com as minhas atitudes. Tenho passado por dificuldades para encontrar meu propósito na vida há anos e estava inseguro em relação à minha capacidade de manter estabilidade. Desisti de mim mesmo. Sempre gostei do Subway como cliente e funcionário", alegou ainda.

Em um novo vídeo divulgado no domingo (17), Jumanne afirma que seus vídeos são "falsos". Ele assume responsabilidade pelo vandalismo provocado no local de trabalho, mas nega que tenha servido comida inapropriadamente manuseada aos clientes do restaurante.

O ex-funcionário do Subway ainda diz que não pediria desculpas, embora entenda a gravidade de suas ações.