PUBLICIDADE
Topo

CasaCor 2021: o que está em alta na mostra de arquitetura e décor em SP

Os tons claros marcam o design de Nildo José, um dos destaques de tendência da CasaCor 2021 - MCA Estúdio
Os tons claros marcam o design de Nildo José, um dos destaques de tendência da CasaCor 2021
Imagem: MCA Estúdio

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

22/09/2021 04h00

Depois de ver à distância a última edição da CasaCor SP, finalmente chegou a hora de poder visitar a mostra pessoalmente. Até 15 de novembro, a maior mostra de decoração das Américas abre as portas seguindo protocolos sanitários e recomenda muito álcool em gel — afinal, as texturas convidam ao toque a todo momento, com tramas, materiais naturais e certa rusticidade em boa parte dos 56 ambientes.

Um grande destaque desta edição é a aposta em tons claros, que convence logo quem chega. O forte resgate do trabalho artesanal surpreende, ao mesmo tempo que a arte aparece como parte da rotina, para ser mais vivida do que contemplada à distância.

Os sofás curvos, há tempos em alta, nesta 34ª edição fincam os pés com força — fica claro que o desejo atual é mostrar uma casa que abrace e dê colo, com formas envolventes. No exercício de refletir sobre "A Casa Original", tema da mostra, surgem inspirações que vão do conceitual ao dia a dia, em lofts e espaços generosos, maiores do que sempre e menores em número.

Fique com minha seleção para Nossa, com oito temas em alta.

1 - Tons claros

Tons Claros/Leo Romano - Ateliê Deca - MCA Estudio - MCA Estudio
Ateliê Deca
Imagem: MCA Estudio

Se recebemos estímulos demais fora de casa, dentro dela queremos mesmo é a sensação de bem-estar. Ao visitar a mostra, a suavidade se expressa em cores sintonizadas entre o branco e o marrom bem claro — a ideia não é voltar aos beges anos 90, mas brincar com a paleta esmaecida diversificando formas e texturas.

Tons Claros/Gustavo Martins - Alessandro Gruetzmacher - Alessandro Gruetzmacher
Gustavo Martins
Imagem: Alessandro Gruetzmacher

Tons Claros/Melina Romano - Casa Alma Duratex - MCA Estudio - MCA Estudio
Melina Romano - Casa Alma Duratex
Imagem: MCA Estudio

Tons Claros/Très Arquitetura - Denilson Machado - Denilson Machado
Très Arquitetura
Imagem: Denilson Machado

2 - Texturas nos revestimentos

Texturas nos revestimentos/SP Estudio - MCA Estudio - MCA Estudio
SP Estudio
Imagem: MCA Estudio

Cansado dos revestimentos polidos? Texturas mais rústicas e interessantes ao toque chegaram para ficar e se multiplicam nesta edição. Elas estimulam uma casa mais descontraída, menos formal e mais aberta a viver. Depois da clausura da pandemia, faz todo sentido o pé no chão.

Texturas nos revestimentos/Jéssica Martins, do Buriti Arquitetura - Rafael Renzo - Rafael Renzo
Jéssica Martins, do Buriti Arquitetura
Imagem: Rafael Renzo

3 - Arte que abraça a casa

Arte que abraça a casa/Ana Weege - Evelyn Muller - Evelyn Muller
Ana Weege
Imagem: Evelyn Muller

Adeus, arte intocável. As esculturas mais bacanas do momento se agarram à estante ou à parede do banheiro, enquanto quadros podem ganhar destaque no piso, também — uma ousadia muito válida, uma experiência.

Arte que abraça a casa/Pedro Luiz de Marqui - Renato Navarro - Renato Navarro
Pedro Luiz de Marqui
Imagem: Renato Navarro

Arte que abraça a casa/Kika Tiengo - Fran Parente - Fran Parente
Kika Tiengo
Imagem: Fran Parente

4 - Cultura regional

Cultura regional/Flavia Cardim - Evelyn Muller - Evelyn Muller
Flavia Cardim
Imagem: Evelyn Muller

A arte popular brasileira ganha expressividade a cada edição da CasaCor. Misturar peças artesanais às linhas do design se tornou um trunfo em muitos ambientes. A explicação é que o feito à mão tem história, vida e dá força sustentável ao país. Além disso, remete diretamente à casa original, desviando dos caminhos industriais.

Cultura regional/Fabio Galeazzo - Evelyn Muller - Evelyn Muller
Fabio Galeazzo
Imagem: Evelyn Muller

5 - Jogo de formas e cores

Jogo de formas/Gabriela de Matos - Salvador Cordaro - Salvador Cordaro
Gabriela de Matos
Imagem: Salvador Cordaro

Formas bem definidas e quase lúdicas têm potência e chamam a atenção nesta edição de CasaCor. A sensação de completude que elas causam é forte — principalmente quando cores entram em cena. Retas e círculos trazem diversão aos olhos, e queremos mais disso em casa.

Jogo de formas/Leo Shetman - Salvador Cordaro - Salvador Cordaro
Leo Shetman
Imagem: Salvador Cordaro

6 - Sofás curvos

Sofás curvos/Luciana Paraíso e Luísa Pernet - Renato Navarro - Renato Navarro
Luciana Paraíso e Luísa Pernet
Imagem: Renato Navarro

Eles abraçam, oferecem colo para nos esparramarmos, remetem ao mobiliário antigo e clássico algumas vezes. Essa memória afetiva, somada às formas curvilíneas, muito em alta, nos faz desejar ter um sofá curvo nos últimos tempos — e isso deve permanecer.

Sofás curvos/Brunete Fracarolli - Renato Navarro - Renato Navarro
Brunete Fracarolli
Imagem: Renato Navarro

Sofás curvos/Studio Ro+Ca - MCA Estudio - MCA Estudio
Studio Ro+Ca
Imagem: MCA Estudio

Sofás curvos/Weiss Arquitetura - Salvador Cordaro - Salvador Cordaro
Weiss Arquitetura
Imagem: Salvador Cordaro

Sofás curvos/Caio Bandeira e Tiago Martins do Architects + Co - Renato Navarro - Renato Navarro
Caio Bandeira e Tiago Martins do Architects + Co
Imagem: Renato Navarro

7 - Tramas naturais

Tramas naturais/Erica Salguero - Renato Navarro - Renato Navarro
Erica Salguero
Imagem: Renato Navarro

Para todo lado, linho, algodão cru e outras tramas mais rústicas levam ao desejo de uma casa mais pura e próxima da natureza. Essa experiência passa pelo conforto que queremos sentir ao tocar os tecidos que nos cercam, afinal, eles funcionam como uma esfera dentro da nossa casa, nos acolhendo.

Tramas naturais/Gregory Copello - Denilson Machado - MCA Estudio - Denilson Machado - MCA Estudio
Gregory Copello
Imagem: Denilson Machado - MCA Estudio

Tramas naturais/Beatriz Quinelato - Renato Navarro - Renato Navarro
Beatriz Quinelato
Imagem: Renato Navarro

CASACOR São Paulo 2021

Parque Mirante, na Rua Padre Antônio Tomás, 72, anexo ao Allianz Parque, de 21 de setembro a 15 de novembro de 2021.

Horário de funcionamento: Terça a domingo das 12h às 22h.