PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Conheça Jonathan, a tartaruga rara que é o animal mais velho do mundo

Jonathan é o animal terrestre mais velho do mundo, de acordo com o "Guinness World Records" - Reprodução/Guinness World Records
Jonathan é o animal terrestre mais velho do mundo, de acordo com o "Guinness World Records" Imagem: Reprodução/Guinness World Records

De Nossa

18/09/2021 04h00

Com 189 anos recém-completados, Jonathan é considerado o animal terrestre mais velho vivo no mundo. A tartaruga de origem do arquipélago de Seychelles detém o título pelo "Guinness", o livro dos recordes.

Entre os seus feitos estão os fatos de ter vivido durante duas guerras mundiais, a Revolução Russa e a passagem de 39 presidentes norte-americanos. Além disso, a sua existência é anterior à construção da Torre Eiffel, em Paris, na França, em 1887, e a primeira fotografia de uma pessoa, em 1838.

Foto datada entre 1882 e 1886, logo após Jonathan chegar na ilha de Santa Helena - Reprodução/Guinness World Records - Reprodução/Guinness World Records
Foto datada entre 1882 e 1886, logo após Jonathan chegar na ilha de Santa Helena
Imagem: Reprodução/Guinness World Records

Nascido em 1832, Jonathan vive desde 1882 na ilha de Santa Helena, embora sua possível origem seja em Seychelles. Ele chegou ao local já cinquentão, como um presente para William Gray-Wilson, governador do território britânico ultramarino — e vive na residência de William desde então.

Investigações feitas por especialistas indicam que Jonathan é um dos descendentes das tartarugas gigantes que habitavam Seychelles há muitos anos. De acordo com o Grupo de Especialistas em Tartarugas de Água Doce da IUCN (sigla para União Internacional para a Conservação da Natureza), existem atualmente apenas 80 delas ainda vivas em todo o planeta.

A expectativa de vida desses animais é de 150 anos.

Por estar em idade ainda mais avançada, a tartaruga enfrenta alguns problemas de saúde, como uma catarata que compromete a sua visão e a ausência do olfato.

Em entrevista ao "Guinness Book odf Records", o veterinário oficial do animal, Joe Hollins, afirma que um dos "comprovantes de seu bem-estar" é a libido ativa.

"Apesar de sua idade, Jonathan ainda tem boa libido e é visto frequentemente acasalando com Emma e, às vezes, Fred", contou ele à publicação. "Os animais muitas vezes não são particularmente sensíveis ao gênero".

Jonathan vive com mais três tartarugas gigantes: além de seus affairs Emma e Fred, também há David.

O veterinário Joe Hollins ao lado de Jonathan - Reprodução/Guinness World Records - Reprodução/Guinness World Records
O veterinário Joe Hollins ao lado de Jonathan
Imagem: Reprodução/Guinness World Records

Ainda segundo Joe Hollins, quem visita Santa Helena pode ir dar um alô para o animal quase bicentenário— embora algumas restrições tenham sido adotadas para preservá-lo. Entre os seus hábitos diários está ficar tomando sol e uma alimentação balanceada. Um dos seus alimentos favoritos é a banana.

Para um veterinário, ter o mais antigo animal terrestre vivo sob seus cuidados é um grande privilégio, e algo que eu nunca poderia imaginar que aconteceria. Eu me apeguei a ele e gosto muito do velho réptil rabugento".