PUBLICIDADE
Topo

Sítio arqueológico no subsolo da Fontana di Trevi é a nova atração de Roma

A entrada do Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi, que esconde um aqueduto e conjunto de apartamentos que pertenceram à aristocracia romana - Divulgação/Vicus Caprarius
A entrada do Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi, que esconde um aqueduto e conjunto de apartamentos que pertenceram à aristocracia romana Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

De Nossa

13/09/2021 04h00

A Fontana di Trevi, um dos cartões postais de Roma, esconde um sítio arqueológico em seu subsolo que, assim como o famoso conjunto de catacumbas da cidade, data da época do Império Romano e primórdios do cristianismo.

Chamada Vicus Caprarius, ou "Cidade da Água", o sistema de aquedutos e apartamentos da antiga aristocracia romana está espalhado sob todo o distrito de Trevi. Construído no primeiro século depois de Cristo, ele só foi descoberto no fim dos anos 90.

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (1) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
A Fontana di Trevi, em Roma, sobre o terreno onde está o Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Aberto na última sexta-feira (10) para visitação como "museu subterrâneo de Trevi", ele oferece a possibilidade de ver de perto centenas de artefatos da época encontrados durante escavações, como azulejos e mosaicos, estátuas, cerâmicas e mais de 800 moedas — objetos que estão ligados a eventos importantes como o famoso incêndio durante os anos do imperador Nero.

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (2) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (3) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Aqua Virgo, um dos onze aquedutos da Roma antiga, ainda está em funcionamento embaixo da fonte — é justamente esta construção que a 'alimenta' — e, por isso, é possível também conhecer as piscinas do complexo sob o solo.

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (4) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (5) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Os preços para conhecer Vicus Caprarius variam de um a quatro euros, isto é, de R$ 6,20 a R$ 24,80, em média, segundo a cotação de hoje. O acesso a este tesouro da história da capital italiana, no entanto, não é tão simples para aqueles que não gostam de locais fechados, escuros e, sobretudo, difíceis de explorar em tempos de pandemia.

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (6) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (7) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Vicus Caprarius, sítio arqueológico sob a Fontana di Trevi (8) - Divulgação/Vicus Caprarius - Divulgação/Vicus Caprarius
Imagem: Divulgação/Vicus Caprarius

Mas é possível ver um pouco da área sem sair de casa. A guia turística Federica — que comanda a plataforma Live Virtual Guide, na qual faz tours ao vivo sob encomenda para turistas "à distância" em Roma — criou um itinerário virtual para quem quer conhecer os aquedutos e preciosidades escondidos sob uma das fontes mais famosas do mundo. Confira: