PUBLICIDADE
Topo

Pássaros bordados em folhas: conheça a arte da "pintura em agulha"

Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

10/09/2021 04h00

Leveza Art

Leveza Art

Quem é

Laura Dalla é estudante de Biologia e artista autodidata à frente da Leveza Art, que produz bordados em folhas naturais de árvores e plantas

Filha de uma artesã criadora de biojoias e de um pescador, Laura Dalla nasceu em Guaratuba (PR), e cresceu brincando livre, em meio à natureza. "Desde pequena acompanhava o tempo das árvores, entendendo como tratar tudo o que vem delas", conta. Assistia, encantada, o trabalho manual dos pais e sentia que aquele seria um bom caminho.

Em Curitiba, 2020, Laura começou a faculdade de Biologia e dava seus passos no bordado. Com o mundo de pernas para o ar, lembrou de uma viagem à casa dos avós, em Breu Branco, no Pará, quando algo mágico aconteceu.

"É uma cidade bem pequena e não tinha muito o que fazer lá. Curiosa com o bordado, peguei o kit de costura da minha avó, mas não tinha muito material. Consegui umas meadas e uma agulha de costura e tivemos a ideia, eu e meu avô, de bordar em folhas secas para testar e não gastar tecido à toa", conta.

Desenhos e as folhas bordadas com as sketchs - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Desenhos e as folhas bordadas com as sketchs
Imagem: Arquivo Pessoal

Mesmo quebrando algumas delas, Laura sabia que estava diante de duas coisas que amava: a natureza e o trabalho manual. "Com isso fui desenvolvendo, conheci o trabalho da Clarice Borian, que é maravilhoso e me inspirou muito." Foi assim que ela entendeu o que queria com o bordado.

Meu primeiro pássaro bordado foi um tucano. Curioso é que quando aprendi a pintar e a fazer ponto russo, o tucano também foi a primeira figura que me veio".

Pássaros bordados por Laura em folhas - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Pássaros bordados por Laura em folhas
Imagem: Arquivo Pessoal
A bióloga Laura Dalla  - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
A bióloga Laura Dalla
Imagem: Arquivo Pessoal

Viralizou

Naquele início de 2020, o hobby ainda falava mais alto que o tino comercial. "Fazia para presentear parentes e amigos. Um dia, resolvi colocar em uma página do Facebook. Foi um sucesso imediato, a publicação estourou."

Assim ela criou o instagram @levezaart, que atualmente tem mais de 71 mil seguidores — uma vitrine para as 86 espécies de pássaros já bordadas por ela. Cada uma leva entre 1 a 2 dias, incluindo o tempo de adaptar as cores, estudar cada pássaro e segurar firme a folha para não enrugar. Já a secagem da folha leva até um mês. Repare nas esqueletizadas, que passam por um processo detalhado de fervura e escovação.

O mais difícil de bordar é o beija-flor, pelas texturas e cores das penas. A cada vez que faço fica melhor".

Bordado de pássaro na cor amarela - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Bordado de pássaro na cor amarela
Imagem: Arquivo Pessoal
Registro ambientalizado do trabalho da artista - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Registro ambientalizado do trabalho da artista
Imagem: Arquivo Pessoal

Por mês, saem 15 pinturas de agulha, como ela e os artistas chamam a técnica realista de bordado. "Com isso aflorou um amor imenso pelas aves na minha vida. No Brasil temos 1.900 espécies e se eu já era encantada por elas, agora pretendo me especializar mais e unir as duas paixões."

@s que me inspiram

@marcellusnishimoto

“Ele faz aquarelas extremamente perfeitas, com pintura de pássaros que me surpreende pelos detalhes. É algo esplêndido, espetacular".

@ajuamora

“Acho essa artista maravilhosa. Tudo o que ela faz e a forma com que ela faz, me encanta. Como empreendedora ou artista, a Ju manda muito bem".