PUBLICIDADE
Topo

Israel voltará a receber pequenos grupos de turistas internacionais

Calçadão de Tel Aviv, em Israel, poderá receber pequenos grupos de turistas novamente - Getty Images
Calçadão de Tel Aviv, em Israel, poderá receber pequenos grupos de turistas novamente Imagem: Getty Images

De Nossa

09/09/2021 10h10

Israel voltará a receber pequenos grupos de visitantes internacionais como parte de uma iniciativa para estimular o turismo após o impacto da pandemia de covid-19, afirmou o Ministro do Turismo do país à Reuters no domingo (5).

A partir de 19 de setembro, pequenos grupos de 5 a 30 pessoas de países nas listas verde, laranja e amarela do governo local — classificações conforme o risco para a transmissão e contágio pela doença em cada território — poderão entrar em solo israelense caso estejam todos completamente vacinados com a segunda dose ou dose de reforço há menos de seis meses.

Além disso, é necessário apresentar um PCR negativo para a covid-19 feito em até 72 horas do desembarque em Tel Aviv. Após a chegada, um novo teste, de antígeno, deverá ser realizado.

Viajantes solos, que não podem entrar no país desde março de 2020 quando a pandemia chegou a Israel, continuam proibidos de atravessar as fronteiras. Brasileiros, assim como turcos, búlgaros e mexicanos, não poderão participar do projeto mesmo em grupo, já que seus países de origem estão na lista vermelha do governo local.

Esta não é a primeira vez que Israel reabre para grupos de turistas. Em maio, mais de 2 mil viajantes, estima a Reuters, visitaram as paisagens locais. No entanto, um novo surto de covid-19 em agosto, provocado pela variante delta, havia suspendido o projeto e motivado o governo israelense a se tornar um dos primeiros no mundo a aplicar doses de reforço em seus cidadãos já totalmente vacinados.