PUBLICIDADE
Topo

Bolonhesa de linguiça: aprenda molho picante e truques para massa perfeita

Preparado com passata de tomate, molho de linguiça fica pronto rapidinho - Laura Miranda
Preparado com passata de tomate, molho de linguiça fica pronto rapidinho Imagem: Laura Miranda

Gabrielli Menezes

De Nossa

08/09/2021 04h00

Laura Miranda

Laura Miranda

QUEM É

Ao longo da vida como modelo, ela se relacionou com a comida de diferentes formas. Com a ajuda de nutricionista, encantou-se pela cozinha e resolveu entrar na Le Cordon Bleu. Hoje, une o "job" em frente às câmeras e as panelas.

Variação do bolonhesa clássico de carne, este molho de linguiça toscana é cheio de personalidade. Leva conhaque, vinho branco, creme de leite e a combinação das pimentas calabresa e dedo-de-moça.

A base do sabor vem da "sujeirinha" formada no fundo da panela logo no início da receita, quando a linguiça picadinha é dourada em fogo alto.

Como usa passata de tomate em vez de tomates frescos, a receita, cedida a Nossa pela modelo Laura Miranda, é prática e rápida.

Bolonhesa de linguiça - Laura Miranda - Laura Miranda - Laura Miranda
Molho picante com massa fresca ou seca, como o cozinheiro preferir
Imagem: Laura Miranda

Outra vantagem é que cabe bem nas refeições do dia a dia ou num jantar especial. Isso porque pode ser servida com massa fresca, que exige dedicação extra, ou com as pastas secas compradas em mercado — um paraíso para os cozinheiros sem paciência.

Confira o passo a passo do molho clicando na imagem abaixo:

Bolonhesa picante de linguiça

Dificuldade Fácil
2 porções
Ver receita completa

A graça do macarrão

Embora seja uma das tarefas mais simples da culinária, cozinhar massa perfeitamente tem seus segredinhos. A começar pela quantidade de água, que deve ser abundante — use a sua maior panela sem receios.

A massa precisa de espaço para se movimentar e não grudar depois de cozida. Colocar azeite é totalmente desnecessário".

Também não se deve economizar na porção de sal da água fervente. Para uma massa saborosa, a solução líquida precisa estar tão salgada quanto o mar.

Bolonhesa de linguiça - Laura Miranda - Laura Miranda - Laura Miranda
Macarrão feito em casa
Imagem: Laura Miranda
Bolonhesa de linguiça - Laura Miranda - Laura Miranda - Laura Miranda
Massa precisa de água e sal em abundância
Imagem: Laura Miranda

Outra dica de profissional é retirar o macarrão ainda durinho da água e levá-lo para a panela do próprio molho, onde ficará cerca de dois ou três minutinhos.

A massa atinge o ponto ao mesmo tempo que pega todo o sabor do molho e se mistura a ele. Fica muito mais saboroso, vai por mim."

Laura sugere servir a massa com queijo ralado na hora e folhinhas de manjericão.

Confira a receita completa da massa fresca clicando na imagem abaixo:

Massa fresca

Dificuldade Fácil
2 porções
Ver receita completa

Cozinhar para comer bem

O "carão" e a desenvoltura vista no Instagram da mineira Laura tem explicação. Desde a pré-adolescência ela está acostumada a posar em frente às câmeras como modelo.

O trabalho para editoriais de moda e comerciais a levou a morar em cidades da América do Norte, da Europa e da Ásia.

Laura Miranda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Foi durante a estadia na China, aos 21 anos, que criou um olhar cuidadoso para a alimentação. "Passava mal porque as comidas tinham muito tempero e desenvolvi alergias".

Com a ajuda de uma nutricionista, ela passou a cozinhar as próprias refeições. "Percebi como a combinação dos alimentos pode elevar o sabor de cada um deles. É um conhecimento que nunca acaba. Tem sempre outra possibilidade".

Em Hong Kong, Laura foi descobrindo os alimentos em visitas a feiras e mercados.

Eu me apaixonei completamente por cozinhar e pelo cuidado em selecionar os produtos".

Laura Miranda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Laura Miranda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Antes desse "estalo", a modelo tinha uma relação diferente com a alimentação. Aos 6 anos, viu seus pais se separarem e enfrentou o divórcio parando de comer.

Quando encontrou as passarelas, aos 13, trocou o menu infantil (restrito a arroz, frango, batata e biscoito recheado) pela contagem das calorias do que ingeria. "Meu interesse era sempre por coisas saudáveis. Em três meses na Itália, provei só uma pizza e não comi massa".

Depois que começou a cozinhar, porém, deu as mãos de vez para a gastronomia. Em 2019, resolveu mergulhar na área cursando Le Cordon Bleu, em São Paulo. Na sequência, fez estágio em duas unidades do Capim Santo, da chef Morena Leite, em São Paulo e em Trancoso (Porto Seguro), e trabalhou como personal chef em eventos.

Com a pandemia, Laura percebeu que poderia juntar a técnica da escola renomada, o repertório absorvido nas viagens e as habilidades como modelo produzindo conteúdo para as redes sociais.

"Tento pensar em receitas que as pessoas consigam fazer com ingredientes que não sejam muito caros".