PUBLICIDADE
Topo

"Salto de 20 centímetros faz eu me sentir sensual e segura"

Jéssica começou a dançar, comprou salto e conquistou confiança - Arquivo pessoal
Jéssica começou a dançar, comprou salto e conquistou confiança Imagem: Arquivo pessoal

Marilia Marasciulo

Colaboração para Nossa

30/08/2021 04h00

Jéssica Xavier

Jéssica Xavier

PROFISSÃO

assessora de imprensa

MINHA ROUPA COM HISTÓRIA

bota para pole dance com salto de 20 centímetros

Lembro-me da minha aula experimental de pole dance, pouco mais de dois anos atrás, quando pisei no estúdio Maravilhosas, em São Paulo. De imediato, encontrei uma dezena de mulheres dançando confiantes em cima de saltos enormes com a maior naturalidade.

Na hora, eu sentei e fiquei acompanhando, super impactada e atenta. Era algo que parecia tão distante para mim... Sou muito insegura e relativamente desastrada.

Repito com frequência que já consegui o feito de quebrar o pé usando chinelo. Detesto usar saltos. Aquilo era inatingível no momento, ainda mais por toda a confiança que elas transmitiam.

Jéssica Xavier - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Bota alta foi peça chave para a assesora de imprensa criar confiança e dançar
Imagem: Arquivo pessoal

Entrei no pole por influência do clipe de Cellophane, da FKA Twigs. Sempre pensei em dançar, mas demorei para criar coragem. Com o tempo, passei a fazer mais aulas de dança.

Não consegui me soltar de cara, ficava só no treino. Quando virei a chave e passei a dançar, senti que faltava uma peça para dar um truque na autoconfiança, e tinha muita clareza de que era justamente a bota de salto.

A vontade de comprar meu salto foi crescendo com o tempo, mas sempre apareciam outras prioridades de gasto. Com a pandemia, fiquei seis meses sem fazer pole, e meu primeiro investimento depois desse período foi uma barra para colocar em casa.

Em abril deste ano, quando tive uma folga no orçamento, decidi que era hora de comprar a bota que há tanto tempo eu desejava. No pole dance, o mais comum é usar sandálias ou botas com saltos em torno de 20 centímetros.

A variedade de estampas e cores é absurda, e escolher o primeiro sapato é realmente uma missão. Optei por um modelo básico, a bota preta de verniz da Venus Pole Dance, para ter uma peça curinga que combinasse com tudo e também comigo.

Jéssica Xavier - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Pole com ou sem salto, a depender do mood
Imagem: Arquivo pessoal
Para ela, conforto está atrelado à segurança... - Veja mais em http://nossa.uol.preview.intranet/noticias/redacao/2021/08/30/salto-de-20-centimetros-faz-eu-me-sentir-sensual-e-segura.htm?cmpid=copiaecola - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Para ela, conforto está atrelado à segurança
Imagem: Arquivo pessoal

Calço a bota e me sinto mais sensual e segura — o que é engraçado, porque esse saltão dá mesmo mais insegurança para caminhar no começo, a gente anda esquisito até se habituar.

Dançar com ela é uma experiência diferente, passa uma sensação de estar no topo do mundo".

Acho meu corpo mais bonito quando estou com a bota. E, sendo baixinha, não nego que é bom ganhar uns bons centímetros a mais.

Às vezes acontece de eu não estar a fim de usar também, querer dançar só com meia e sentir meu pé passando pelo chão. Respeito minha vontade e faço como me sentir mais disposta no momento.

Sigo com zero vontade de usar salto para sair, mas dançar com minha bota é incrível. Ainda quero usar muito, investir em outros modelos no futuro e incentivar as pessoas a subirem no salto também.

Hoje vejo que o conforto está muito atrelado à forma como você se sente dentro da roupa, e não só à peça em si.

Como usar

Quilômetros de pernas

Como ganhar pernas de modelo como num passe de mágica? Aposte no combo curinga de calça ou meia calça justa + botas de salto altíssimo e transforme as ruas em uma passarela.

Uma linda mulher

Para deixar o salto alto mais despojado o truque é combiná-lo a meias-calças estapadas e a peças mais soltas ou sérias, como um paletó ou uma jaqueta de corte reto.