PUBLICIDADE
Topo

Met Gala 2021 terá menu inteiramente vegano pela primeira vez na história

Gisele Bündchen no MET Gala 2019: O evento é famoso por reunir famosos em looks de luxo temáticos, que homenageiam a exposição e tradição da noite - Getty Images
Gisele Bündchen no MET Gala 2019: O evento é famoso por reunir famosos em looks de luxo temáticos, que homenageiam a exposição e tradição da noite Imagem: Getty Images

De Nossa

02/08/2021 16h37Atualizada em 02/08/2021 16h40

O Met Gala 2021, também conhecido como Baile do Met, um dos eventos de moda e arte mais aguardados do calendário de celebridades internacionais que sempre desfilam looks exóticos de luxo em seu tapete vermelho, terá um cardápio totalmente livre de produtos de origem animal.

A novidade foi revelada à edição digital da Bon Appétit pelo chef Marcus Samuelsson, que seleciona e organiza a pedido da manda-chuva do evento, Anna Wintour, o time de dez chefs de cozinha nova-iorquinos que irão desenvolver o menu da aguardada noite no Metropolitan Museum of Art.

"Nós achamos que era importante falar sobre o que está presente, o que está acontecendo agora e como a comida está mudando o país. Nós queremos ser o futuro da cozinha americana, da cozinha vegetariana. Esta discussão é o que está acontecendo agora", justificou.

O tema deste ano do Met Gala é "Na América: Um Dicionário da Moda", que também é a primeira de uma mostra de duas partes que acontecerá no outono e na primavera explorando como o atual estilo americano se associa com questões sociais como igualdade, diversidade e inclusão. O debate sobre o consumo de carne, que chegou aos principais restaurantes de luxo da cidade, foi então incluído no cardápio da noite.

Para o chef Marcus Samuelsson, a convergência da discussão sobre dietas vegetarianas e veganas com um evento de moda é natural. "Ambas as indústrias respeitam habilidades. Ser um chef tem tudo a ver com trabalhar com estilo e com pessoas. O mesmo acontece na moda. É um meio diferente, mas você está, na verdade, expressando um ponto de vista. Estou animado e espero que estejamos iniciando uma tradição aqui, que as pessoas venham também pela comida."

O time de chefs do evento contará com autores de livros de culinárias, donos de restaurantes celebrados na cidade, ativistas gastronômicos e personalidades do meio como Fariyal Abdullahi, Nasim Alikhani, Emma Bengtsson, Lazarus Lynch, Junghyun Park, Erik Ramirez, Thomas Raquel, Sophia Roe, Simone Tong, e Fabian von Hauske. Cada um contribuirá com uma receita.

"Nós queríamos dizer ao mundo que estamos de volta — Nova York como um lugar para se reunir e celebrar está de volta. Nós estamos dizendo aos nova-iorquinos e aos turistas que a cidade está aberta para os negócios", explicou. A edição 2020 do evento foi cancelada por causa da pandemia da covid-19.