PUBLICIDADE
Topo

O significado por trás do look viral de Olivia Rodrigo para a Casa Branca

Jackie Kennedy e o filme "Patricinhas de Beverly Hills" estavam entre as referências do tailleur da Chanel usado por Olivia Rodrigo na Casa Branca - Getty Images
Jackie Kennedy e o filme "Patricinhas de Beverly Hills" estavam entre as referências do tailleur da Chanel usado por Olivia Rodrigo na Casa Branca
Imagem: Getty Images

Gustavo Frank

De Nossa

19/07/2021 10h39

Engana-se quem acha que a moda é apenas roupas sem qualquer significado — na verdade, muitas vezes as peças são políticas, como mostrou Joe Biden e Kamala Harris na mais recente posse presidencial nos Estados Unidos. Mais recentemente, Olivia Rodrigo reforçou esse discurso na visita ao presidente norte-americano na Casa Branca, ocasião em que incentivou a vacinação para o público mais jovem.

A voz do momento, de 18 anos, viralizou nas redes sociais ao aparecer para o compromisso com um tailleur tweed rosa com listras xadrez — faixas de vermelho, amarelo, turquesa e preto.

A peça da Chanel foi apresentada por Karl Lagerfeld para a primavera de 1995 e foi resgatada pela cantora de "good 4 u", seguindo referências icônicas como da ex-primeira dama Jackie Kennedy, o filme "Legalmente Loira" e até mesmo o inesquecível "Patricinhas de Beverly Hills".

Desfile de primavera da Chanel, em 1995 - Getty Images - Getty Images
Desfile de primavera da Chanel, em 1995
Imagem: Getty Images
Olivia Rodrigo na Casa Branca - Getty Images - Getty Images
Olivia Rodrigo na Casa Branca
Imagem: Getty Images

Para complementar o look, Rodrigo usou saltos plataforma brancos de Giuseppe Zanotti com quinze centímetros de altura.

Em entrevista ao "The New York Times", as stylists de Olivia revelaram que ambas as referências foram utilizadas por ele para vestir a jovem, mas se preocuparam ao vesti-la para que a mensagem de incentivo à vacinação não fosse deturpada.

"A política é sempre delicada", disse a stylist Chenelle Delgadillo ao "NYT". "Não queríamos que ela ficasse de vermelho ou azul. Eu não queria que a internet lesse a roupa mais do que o necessário, o que muitas vezes acontece".

A cantora Olivia Rodrigo na Casa Branca - Getty Images - Getty Images
A cantora Olivia Rodrigo na Casa Branca
Imagem: Getty Images

Ícone da Geração Z, Olivia Rodrigo segue a mesma linha dos mais jovens, de acordo com a reportagem: a busca por peças de segunda mão, que priorizam a sustentabilidade na moda.

Brynn Jones, dona da loja Aralda Vintage, voltada à moda upcyling e onde as estilistas da cantora procuraram o tailleur em questão, destacou ao "NYT" as referências do look rosa.

"1995 foi o ano em que 'Patricinhas de Beverly Hills' foi lançado, e você pode ver muito dessa época na coleção [da Chanel]", disse Brynn Jones, que trabalha com estilistas de diversos famosos nos EUA. "Acho que nunca mais olhei para as roupas da mesma forma. Cada vez que consigo encontrar uma peça especial da Chanel dos anos 90, é uma pequena vitória tanto para o adolescente em mim quanto para o eu de 35 anos".

Olivia trabalhou com alguns estilistas e, em geral, todos dizem que ela só quer vintage. Esta nova geração é tudo o que eles querem".

Brynn Jones ainda destacou Olivia Rodrigo como uma "cliente do sonhos": "Ela é alguém com consciência sobre o que está acontecendo com o meio ambiente e como a moda rápida é destrutiva".