PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Infestação de aranhas leva a surgimento de teias gigantes na Austrália

Teias de aranha cobrem campos na Austrália - Reprodução/Reddit
Teias de aranha cobrem campos na Austrália Imagem: Reprodução/Reddit

Colaboração para Nossa, em São Paulo

15/06/2021 17h53Atualizada em 16/06/2021 12h47

Fotos que mostram enormes teias de aranha cobrindo campos na Austrália começaram a circular. De acordo com o jornal Daily Mail, milhares dos aracnídeos começaram a surgir na região do estado de Victoria.

As imagens mostram as teias em grandes territórios, sobre grama e arbustos. Dieter Hochuli, professor da Universidade de Sydney, disse que as aranhas são da espécie Stiphidiidae e que não é incomum ver esta quantidade de teias após uma inundação.

"Elas constroem uma teia que é um pouco diferente das quais estamos acostumados. Quando ocorrem chuvas pesadas e inundações, estes animais que vivem suas vidas no chão não conseguem mais e fazem isso: se mudam para uma altura maior", explicou ele.

Nas redes sociais, pessoas se mostraram chocadas e até assustadas com a situação.

Uma vereadora local, Carolyn Crossley, disse que tinha descido a um barranco de um lago na noite de segunda-feira para verificar se havia danos causados pela enchente e ficou encantada com o fenômeno natural. Crossley disse que já tinha visto o efeito antes, mas não em uma escala tão grande.

"Não foi assustador, foi lindo. Tudo estava envolto nesta bela teia de aranha, em todas as árvores e cercas", disse ela à BBC.

'Balonismo'

De acordo com a BBC, especialistas dizem que os véus de teia são criados em uma tática de sobrevivência conhecida como "balonismo", em que as aranhas formam a seda para atingir lugares mais altos.

"As aranhas que vivem no chão precisam sair do solo muito rapidamente. A seda se agarra e se fixa na vegetação e elas conseguem escapar", informou Ken Walker, curador sênior de insetos da Museums Victoria ao jornal The Age.

Atualmente, a Austrália enfrenta uma temporada de grandes chuvas e enchentes, o que teria provocado o fenômeno com as ranhas. Moradores da região afirmaram que os véus finos apareceram após os dias de chuva forte.

A expectativa é que as teias se desintegrem neste fim de semana.