PUBLICIDADE
Topo

Reforma de baixo custo dá estilo irreverente a este apartamento de 55 m²

Garimpo, paredes descascadas e baixo orçamento foram elementos usados por Maria Clara para deixar o apartamento no Rio de Janeiro cheio de personalidade - Arquivo Pessoal
Garimpo, paredes descascadas e baixo orçamento foram elementos usados por Maria Clara para deixar o apartamento no Rio de Janeiro cheio de personalidade
Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

06/05/2021 04h00

De volta ao Brasil após uma temporada em Londres, a arquiteta Maria Clara de Carvalho e o publicitário Alexandre de Carvalho queriam morar em um apartamento novo e mais perto do movimento, no Rio de Janeiro. O universo os levou a este na Gávea, de 55 m², onde — acredite — ela havia morado na infância com os pais.

Como não havia muita verba para uma reforma dos sonhos, o projeto se baseou no baixo custo e foi desenhado por ela e o sócio Richard de Mattos, ambos à frente do escritório Pílula Antropofágik.

Maria Clara e Alexandre - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Maria Clara e Alexandre
Imagem: Arquivo Pessoal

Com o orçamento apertado em mente, o jeito era partir para soluções mais descoladas. Nada difícil para a dupla, que gosta de apostar na mistura de estilos e ousadia, com peças de design assinado e outras mais clássicas, materiais rústicos com outros de acabamento mais fino, muitas cores e textura.

"Assim nos desafiamos a encontrar um equilíbrio entre as formas e criando casas sem protocolos", conta Maria Clara.

Caleidoscópio de estilos

Nada que esteja em um estilo totalmente definido. "Não dá pra criarmos padrões e achar que as pessoas devem seguir. É preciso parar ali por um tempo, observar, fazer perguntas mais íntimas e compreender a vivência dos espaços."

Morar é poder vivenciar nossa própria trajetória e idealizar nossos próximos desafios."

Na entrada, o apê já mostra sua irreverência: as paredes foram descascadas e há um tênis pendurado — uma peça de infância de Alexandre, inspirada nos sapatos que as pessoas jogam em fios dos postes de rua para trazer sorte. "Hoje é uma curiosa intervenção artística que nos traz muitas risadas e deixa as visitas curiosas. Os objetos mais interessantes de decoração muitas vezes já fazem parte do nosso acervo", ri Maria Clara.

"A obra já terminou?" É o que os amigos perguntam ao entrar ali, e eles nem ligam. "Adoro essa mistura da estrutura rústica com mobiliários mais clássicos. Rio quando questionam isso, porque significa que estamos em constante movimento. Qualquer objeto pode se tornar um importante item da decoração", conta.

Decoração da sala de estar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Decoração da sala de estar
Imagem: Arquivo Pessoal
Marcenaria e cores dão alegria ao apê - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Marcenaria e cores dão alegria ao apê
Imagem: Arquivo Pessoal

Que o diga o sofá Chesterfield, um clássico do design, que acolhe almofadas com paetês, mas também uma bola de basquete. Um tambor vira mesa lateral e uma bolinha de tênis é obra de arte, na moldura.

Meio rebelde, bem urbano e cheio de misturas divertidas, o apartamento se guia por essa sintonia bem afinada. E sem custar caro, o que é melhor.

Dicas da Maria Clara para dar um clima descolado no apê gastando pouco

Banheiro cor de rosa no apartamento de Maria Clara no Rio de Janeiro - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Banheiro cor de rosa no apartamento de Maria Clara no Rio de Janeiro
Imagem: Arquivo Pessoal
  • Tubulação à vista. "Conduítes aparentes são uma ótima solução para a reforma da parte elétrica. Não precisamos quebrar as paredes, conseguimos fazer tudo pela superfície, além de serem de fácil manutenção e econômicos. Existem opções dos conduítes de ferro galvanizado ou de PVC pintados."
  • Descasque a parede. "Descascar a estrutura para deixar o concreto aparente também é uma ótima dica para conseguirmos texturas diferenciadas sem gastar dinheiro com revestimentos que tentam imitar um material que já faz parte da estrutura da casa."
  • Leve os móveis com você. "Invista em mobiliário solto, que pode ser transportado de um apartamento para o outro, diferente de móveis feitos sob medida."
  • Garimpe. "No acervo pessoal da sua família ou até mesmo em antiquários e brechós há móveis que podem trazer muita personalidade."
  • Pense diferente. "Exercite seu olhar para os objetos de decoração que você já tem em casa, se desafiando a pensar em algum lugar inusitado, em vez da boa e velha estante de bibelôs."

@s que me inspiram

@theJungalow

“É um perfil que traz materiais naturais, aconchego e a importância de termos nossa selvinha particular dentro de casa, o que vem sendo cada vez mais importante, principalmente em tempos de pandemia.”

@plastik

“Já esse perfil é o oposto: gera curiosidade e me desafia a encontrar o equilíbrio entre a casinha de campo e a era da tecnologia cheia de informações, sons e movimentos em que vivemos!”