PUBLICIDADE
Topo

"Bolsonarismo parece problema de interpretação da realidade", diz Duvivier

Bruno Calixto

Colaboração para Nossa, do Rio de Janeiro

11/04/2021 04h00

O humorista, ator e escritor Gregorio Duvivier vê um paradoxo nos dos dias de hoje: "Os políticos fazem rir e os humoristas fazem pensar. Deve ser um sinal dos tempos". Este foi um dos motes da conversa que ele teve com Teresa Cristina no Botequim da Teresa, programa de Nossa que, todas as sextas-feiras, mescla samba, bate-papo e petiscos de boteco.

Para Duvivier, a realidade atual não é engraçada, é bizarra. "Tenho a impressão que o bolsonarismo é uma doença cognitiva, um problema de interpretação da realidade, que nem passa perto do dois mais dois são cinco, mas igual a 12. É muito difícil penetrar nesta mente", diz.

Gregório Duvivier - Divulgação/Edu Secco - Divulgação/Edu Secco
Imagem: Divulgação/Edu Secco

Casado com Giovanna Nader, com quem tem uma filha de 2 anos, Marieta, Duvivier afirma que as pessoas acham que tudo o que acontece na presença dele vai entrar no "Porta dos Fundos", programa de humor em cartaz no Youtube desde 2012 — quem não lembra da polêmica do Jesus gay em 2019?

"Qualquer coisa que acontece a pessoa fala 'não vai colocar isso na 'Porta dos Fundos não', acham que tudo que acontece eu vou colocar no 'Porta'. Como um programa que fala de política, acham que eu falo de política o dia inteiro", disse.

Ele também é apresentador do "Greg News", da HBO Brasil, que era gravado no Santo Cristo, mas foi para Copacabana e, com a pandemia, acabou na casa da mãe, a cantora Olivia Byington, que se transformou em sua única plateia, junto com os outros três filhos.

A parte que eu mais gosto é falar para a plateia, o encontro para quem vai ver a gravação, sem isso perde muito a graça. Nada substitui. A gente é criatura de aglomeração. A comédia assim como o samba vivem disso"

Num dos episódios de maior sucesso, ele surgiu na bancada ao lado da mãe e dos três irmãos cantando "Menina amanhã de manhã", de Tom Zé e Antonio Perna. O número musical viralizou e emocionou muita gente.

Em razão do isolamento, Gregorio Duvivier precisou interromper a turnê da peça "Sísifo", cujo texto apresenta um herói da mitologia grega que, por seu excessivo amor a este mundo, acabou condenado a um castigo aparentemente terrível: rolar uma imensa pedra até o alto de uma montanha com o objetivo de, algum dia, poder descansar.

Samba, série e Teresa

O "Botequim da Teresa" vai ao ar todas as sextas-feiras, às 10 horas, no YouTube de Nossa (inscreva-se já para receber os lembretes), no site, no UOL Play e no Facebook de Nossa.

O programa é uma coprodução de Nossa, MOV, a plataforma de vídeo do UOL, e da 2291 Conteúdo. Ele foi gravado em janeiro seguindo todos os cuidados necessários recomendados pelas autoridades de saúde durante a gravação do programa, como testagem dos convidados e da equipe, uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social. Metade dos convidados foi recebida de forma presencial e a outra metade no formato remoto.