PUBLICIDADE
Topo

Cabine ultra tecnológica vai permitir "mergulho" no mar em viagem inovadora

Representação da mais recente criação da Gresham Yacht Design, que mergulha os passageiros de embarcações para dentro da água - Gresham Yacht Design
Representação da mais recente criação da Gresham Yacht Design, que mergulha os passageiros de embarcações para dentro da água
Imagem: Gresham Yacht Design

De Nossa

05/04/2021 04h00

Viajar de navio, iate ou cruzeiro é ter a superfície do mar e o céu como cenário do passeio. Mas e se fosse possível conhecer o interior do oceano durante esses trajetos?

Essa é a proposta criada com a Hydrosphere, uma cabine que pode ser implementada nos cascos desses transportes, a fim de criar uma experiência inovadora aos viajantes.

O projeto criado pela empresa Gresham Yacht Design oferece uma "experiência de visualização submersa" para até sete pessoas a bordo. Descrito como um espaço "para compartilhar momentos mágicos e mergulhar rapidamente", os responsáveis pela inovação afirmam que a novidade proporcionará uma experiência "muito próxima à de um mergulho".

Hydrosphere poderá acomodar até seis passageiros para viagem subaquática - Gresham Yacht Design - Gresham Yacht Design
Hydrosphere poderá acomodar até seis passageiros para viagem subaquática
Imagem: Gresham Yacht Design

Embora a cabine não alcance grandes profundidades do oceano, descendo apenas alguns metros sob o casco, a criação está sendo vista como um recurso extremamente atraente para aqueles que desejam ver mais do mundo subaquático.

A Hydrosphere é equipada com iluminação a bordo para que os passageiros possam utilizá-la quando quiserem, mesmo quando o iate está viajando a uma velocidade máxima de até dois nós. O recurso poderá ser retraído de volta para o casco, onde será protegido por uma escotilha externa.

Novo projeto pode ser implementado em transportes em funcionamento, mas a empresa recomenda a implementação em embarcações construídas do zero - Gresham Yacht Design - Gresham Yacht Design
Novo projeto pode ser implementado em transportes em funcionamento, mas a empresa recomenda a implementação em embarcações construídas do zero
Imagem: Gresham Yacht Design

Sem valor anunciado até então, visto que a viabilização do projeto ainda é recente, estima-se que a adequação de iates e navios para ter uma dessas cabines deve custar caro ao bolso do investidor.

Em entrevista à "CNN Travel", a empresa afirmou que o conceito pode ser aplicado a qualquer embarcação existente medindo 90 metros ou mais, "mas a rota preferida seria integrá-la em um novo projeto de construção".