PUBLICIDADE
Topo

Não basta ser bonito: objetos de decoração ganham múltiplas funções

Centro de mesa Lunar em madeira - Dentro Fotografia
Centro de mesa Lunar em madeira
Imagem: Dentro Fotografia

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

16/03/2021 04h00

Ingrid Peixoto

Ingrid Peixoto

Quem é

Formada em Design Industrial pela FUMEC (MG), em 2005, a artista é designer à frente de sua marca homônima, que cria objetos de decoração e luminárias usando materiais diversos

Filha de pais inquietos e autodidatas, que respiravam arte na vida e na carreira, Ingrid Peixoto cresceu observando seus arredores inspiradores: "Sempre fomos cercados por quadros, esculturas e livros de arte na minha casa. Me interessei pelo design vendo o leque de possibilidade de áreas para atuar", conta.

Das memórias no chão da fábrica onde seu pai trabalhava em Minas Gerais veio o estímulo para cursar Design industrial. Da vida, a percepção de que criar peças bonitas e sobretudo funcionais é algo que poderia levar suas criações a um alcance maior. Pronto: seu nome virou marca assim.

Mudo muito as coisas de lugar em casa, e quando tenho uma peça que é mais versátil e mutável, consigo movê-la por vários ambientes, com propostas distintas".

Vaso cone - Marcos Adriano Moraes/@marcocgs - Marcos Adriano Moraes/@marcocgs
Trio de Vasos, Vaso Cilindro e Vaso Cônico, adornos decorativos e vasos de flores e folhas, com um estilo moderno e minimalista
Imagem: Marcos Adriano Moraes/@marcocgs
Centro de mesa Lunar em madeira - Dentro Fotografia - Dentro Fotografia
Lunar, dois vasos de vidro em tamanhos diferentes a ser usada em posições diferentes, como centro de mesa, fruteira ou vaso.
Imagem: Dentro Fotografia

Veneno anti monotonia

A busca de Ingrid é sair do mesmo. Por isso ela passa suas ideias por seu filtro "anti monotonia" antes de lançá-las ao mundo. "Meu processo criativo tem o propósito de despertar a emoção com produtos funcionais que agregam processos do artesanal ao industrial".

Pendente Twig - Divulgação/Interpam Luz - Divulgação/Interpam Luz
Pendente Twig
Imagem: Divulgação/Interpam Luz

Assim, surgem luminárias e itens decorativos como centros de mesa que podem assumir materiais como madeira, latão, pedra sabão ou metal. O desenho sempre se guia pela leveza e linhas retas, objetivas, com múltiplas possibilidades de uso.

Nas mãos de pequenos produtores, a matéria-prima ganha forma de peças que serão montadas por ela, atuante também na área comercial e na administração da marca. Funcionalidade e beleza, em um caminho contrário à monotonia? A gente ama!

@s que me inspiram

@iludi.design

Admiro muito o Estúdio Iludi pela inovação enquanto criadores e pela garra como empreendedores que eles têm.

@wentz.design

O Wentz Design me inspira pela criação limpa e minimalista, pelo purismo de formas criadas pelo designer Guilherme Wentz.