PUBLICIDADE
Topo

Crochê, tricot e tramas dão origem a móveis e objetos de design

Regina Misk sai do lugar-comum na criação de peças com volumes maiores e materiais diferenciados - Divulgação
Regina Misk sai do lugar-comum na criação de peças com volumes maiores e materiais diferenciados
Imagem: Divulgação

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

16/02/2021 04h00

Regina Misk

Regina Misk

Quem é

Designer à frente da marca que leva seu nome, produz móveis e acessórios de decoração com técnicas como crochê, tricô e tramas manuais

Na infância, um presente mudou a vida de Regina Misk: era um livro de artes manuais que trazia várias técnicas, sua primeira inspiração. Em Portugal, onde cresceu, as crianças aprendiam manualidades e as lições se estendiam à casa: mães como a dela tricotavam e inspiravam as novas gerações, em um ciclo interminável. É essa bagagem valiosa que a trouxe ao futuro, com suas peças tramadas, crochetadas ou tricotadas, sempre cheias de personalidade.

Formada em Matemática, ela cursou Design de Moda e começou a trabalhar com roupas. "Tive minha confecção por alguns anos e sempre procurei ter uma identidade própria. Gosto de ir por caminhos inusitados", diz ela, que se desviou para a decoração por hobby.

Quando comecei a fazer peças de decoração, eu também quis sair um pouco do lugar-comum. Sempre procurei fazer coisas com volumes maiores e materiais diferenciados."

A virada

Banqueta cipó dupla - Divulgação - Divulgação
Banqueta cipó dupla
Imagem: Divulgação
Porta livros e revistas - Divulgação - Divulgação
Porta livros e revistas
Imagem: Divulgação

Os dois segmentos andavam juntos em seu ateliê, até que em 2018, em uma temporada de quatro meses em Londres e Paris, Regina mergulhou em cursos de arte, de tapeçaria, tingimento natural.

De volta a Minas Gerais, onde se baseia, resolveu se dedicar apenas aos objetos e móveis. "Fiz a minha primeira grande coleção para levar às feiras, com mais maturidade e certeza do que queria e acreditava", conta. Deu certo.

Desde então, seu olhar se volta a todos os detalhes dos itens que cria: com formas, volumes, e cores, móveis ganham expressão e identidade.

Um time de artesãs

Tudo começa com a peça-piloto, a partir da qual Regina cria um sistema de produção para que mais mãos se unam ao processo. "Elas produzem em suas casas após entender o ciclo processual daquela peça e entregam no ateliê", diz ela. Em até um mês o trabalho está pronto.

Uma cadeira assume aquele ar de surpresa, ao ser revestida por 500 bolas amarelas de crochê, um de seus projetos mais audaciosos. Ganham atenção também as correntes de elos para usar como acessórios de mesa, as mantas de maxitricô e banquetas primorosas. Criações que revelam muitas horas de trabalho e ao mesmo tempo empoderam mulheres. Tramas assim dão orgulho.

@s que me inspiram

@paola_lenti_official

Adoro o trabalho da Paola Lenti, designer italiana que possui uma arte despretensiosa e diferente. Ela usa tramas e muita cor, tem muito a ver comigo.

@p.roduct

Gosto muito deste perfil que traz temas de criação, desenhos modernos do mundo inteiro, gostos e comportamento atual até mesmo das pessoas mais jovens.