PUBLICIDADE
Topo

Dono do Monaco FC constrói resort de luxo em ilha grega que foi dos Onassis

Orla da grega Skorpios vista do alto - Jorde Angjelovik/Getty Images
Orla da grega Skorpios vista do alto Imagem: Jorde Angjelovik/Getty Images

De Nossa

28/01/2021 15h38

Dmitry Rybolovlev, bilionário russo, usará cerca de US$ 200 milhões (ou seja, mais de R$ 1 bilhão) para construir um resort de luxo na pequena ilha grega Skorpions.

A informação, confirmada por um conselheiro do magnata ao portal "Insider", é de que os cerca de 810 mil metros quadrados de terra localizados na costa Oeste da Grécia foram comprados por Rybolovlev em 2013 por US$ 153 milhões.

O lugar é famoso pois, em 1968, foi palco da celebração de casamento entre ex-primeira-dama Jacqueline Kennedy e Aristóteles Onassis, empresário milionário grego que adquiriu a propriedade em 1963. Aristóteles e seus filhos, Alexander e Christina Onassis, estão, inclusive, enterrados na ilha, em um cemitério próximo à capela.

O porto de Skorpios será expandido para acomodar grandes iates - Divulgação/Escritório da Família Rybolovlev - Divulgação/Escritório da Família Rybolovlev
O porto de Skorpios será expandido para acomodar grandes iates
Imagem: Divulgação/Escritório da Família Rybolovlev

O plano do novo proprietário da ilha é transformá-la em um destino turístico — exclusivo para ricos. De acordo com Sergey Chernitsyn, conselheiro da família russa, as ideias surgiram desde a compra do espaço. À publicação, ele afirmou:

Quando a família Rybolovlev adquiriu a ilha, estava claro que, no mínimo, seria necessária uma renovação completa".

O projeto milionário deve criar pelo menos 130 novos empregos, de acordo com um comunicado de imprensa de 13 de janeiro dos ministérios do turismo, desenvolvimento e investimento gregos, que aprovaram a construção.

Chamado de "complexo VIP", o hotel de luxo terá spa, villas (instalações confortáveis de estilo clássico), área para praticar esportes, fazenda com vinhedo, heliporto e ainda um espaço para comportar grandes iates.

A expectativa é que as obras sejam concluídas em 2024. A estimativa é que o preço da estadia para uma semana seja mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões).

O primeiro proprietário

O casamento:  Onassis, Jacqueline Kennedy e a pequena Caroline, filha do presidente - Bettmann Archive - Bettmann Archive
O casamento: Onassis, Jacqueline Kennedy e a pequena Caroline, filha do presidente
Imagem: Bettmann Archive

Segundo o Wall Street Journal, Aristóteles Onassis comprou a ilha de Skorpios em 1963 por 3,5 milhões de dracmas (antiga moeda de cidades-estados gregas e Estados sucessores). O equivalente, para os dias de hoje, é de cerca de US$ 12.500 (cerca de R$ 67 mil).

Onassis aproveitou a ilha dando festas cheias de glamour. Para dar mais charme ao espaço, importou areia e milhares de árvores.

Em outubro de 1968, ele recepcionou convidados para celebrar o seu casamento com Jacqueline Kennedy, viúva do presidente dos EUA assassinado, John F. Kennedy. A cerimônia aconteceu numa capela ortodoxa construída na ilha.

Onassis no seu iate em 1956 - Bettmann Archive - Bettmann Archive
Onassis no seu iate em 1956
Imagem: Bettmann Archive

Com a morte de Onassis em 1975, a estrutura, que incluía um porto, lotes agrícolas, heliporto, casas e sistema de água e eletricidade, foi abandonada.

"Na época de Onassis, era excepcional, mas pelos padrões atuais está seriamente desgastado.", disse Chernitsyn.

A icônica "Casa Rosa", a villa construída para Kennedy Onassis e onde a ex-primeira-dama passava a maior parte do tempo quando estava na ilha, é uma das construções do espaço.

Fortuna de US $ 6,7 bilhões

Dmitry Rybolovlev: milionário que comprou ilha é presidente do clube Monaco - Jean Catuffe/Getty Images - Jean Catuffe/Getty Images
Dmitry Rybolovlev: milionário que comprou ilha é presidente do clube Monaco
Imagem: Jean Catuffe/Getty Images

Segundo a Forbes, Rybolovlev fez dinheiro na produção de fertilizantes e com a privatização de empresas na antiga União Soviética, no fim dos anos 80, com a queda do regime comunista. Com 54 anos e uma fortuna estimada em US$ 6,7 bilhões (cerca de R$ 36 bilhões), o magnata é conhecido por gastar em imóveis de luxo, arte e futebol. Não à toa ele comprou o AS Monaco, clube de futebol da cidade-estado, em 2011.

Além da ilha na Grécia e uma cobertura em Mônaco, Rybolovlev coleciona propriedades em Nova York e Palm Beach. Os terrenos no condado da Flórida foram adquiridos de Donald Trump. A transação de US$ 95 milhões (cerca de R$ 515 milhões) foi considerada um recorde imobiliário da região à época.

Chernitsyn revelou que, ao visitar Skorpions, Rybolovlev prefere ficar em seu iate de 300 pés (90 metros) do que nas construções em mau estado da ilha.