PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Picolé para cachorro: instruções e receita para espantar o calor do seu pet

Picolé preparado especialmente para seu pet é opção para dias quentes - Getty Images
Picolé preparado especialmente para seu pet é opção para dias quentes
Imagem: Getty Images

Gabrielli Menezes

De Nossa

22/01/2021 04h00

Está com calor? Provavelmente seu cachorrinho também. Assim como os humanos, uma maneira divertida de aliviar a sensação chata é ingerindo alimentos geladinhos, como picolé.

"É uma forma de interação e recreação. Muitos cães gostam de ficar lambendo picolé enquanto se refrescam e aliviam o estresse", avalia a nutróloga veterinária Mariana Porsani, do Centro Veterinário Seres, da Petz.

Mas não vale sair dando sorvete de pessoas para os pets. Ricos em calorias e geralmente preparados à base de leite, eles podem causar alterações gastrintestinais como vômito, diarreia e gases.

Além de alguns animais serem intolerantes a lactose, o alto valor calórico pode contribuir para o aumento de peso. Por isso, os picolés, preparados com água e frutas, se saem melhor a missão.

Alimentos proibidos para cães como chocolate ou algumas frutas, por exemplo uva e abacate, devem ficar de fora da receita", esclarece a veterinária.

O melhor para refrescar os bichinhos são picolés a base de frutas menos calóricas - Getty Images/EyeEm - Getty Images/EyeEm
O melhor para refrescar os bichinhos são picolés à base de frutas menos calóricas
Imagem: Getty Images/EyeEm

De acordo com ela, uma opção bacana de picolé é congelar água de coco com pedacinhos pequenos de maçã ou banana. Misturar a ração do animal com um pouco de água e congelar é outra possibilidade. "Se optar por versões comerciais, escolha as mais naturais, com frutas e sem adição de leite e açúcares".

Os picolés devem ser entendidos como petiscos, o que significa que o consumo diário, desde que em quantidade controlada, está permitido. O volume ingerido deve ser o equivalente a até 10% da necessidade calórica do animal em um dia.

Quando o picolé for consumido, deve diminuir a ração evitar o ganho excessivo de peso".

Refresco para os felinos

A regra para picolés de gatos é a mesma dos cãezinhos - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
A regra para picolés de gatos é a mesma dos cãezinhos
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Os gatinhos são mais seletivos no paladar e não aceitam picolé com a mesma facilidade que o cachorro. De toda forma, as regras ditas acima também são aplicadas a eles, sempre evitando os alimentos com potencial tóxico. "Muitos gostam do alimento úmido congelado em forminhas", afirma Mariana.

O cachorrinho do chef Flávio Duarte, que adora o sorvete do dono - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
O cachorrinho do chef Flávio Duarte, que adora o sorvete do dono
Imagem: Arquivo pessoal

Receita "boa para cachorro"

O cozinheiro Flávio Duarte usa a estratégia do picolé para refrescar os dias quentes do seu cachorro, que adora dar lambidinhas no doce. No lugar do palito, Flávio opta por colocar um ossinho fino. Assim, o pet tem mais uma surpresa e entretenimento.

Veja o passo a passo completo para reproduzir em casa:

Ingredientes:

  • 1 copo de água de coco
  • 1 pedaço de manga madura sem casca
  • 1 pedaço de maçã madura sem casca
  • 1/2 banana madura

Modo de fazer

Bata tudo no liquidificador até obter uma mistura homogênea, transfira para forminhas, espete um palitinho de petisco e leve para congelar.

Quando estiver congelado, ofereça ao seu pet em porções pequenas em dias de calor.