PUBLICIDADE
Topo

Biquíni de Marquezine resgata tecido icônico do look de "Uma Linda Mulher"

Bruna Marquezine com biquíni da marca Hunza G - Reprodução/Instagram
Bruna Marquezine com biquíni da marca Hunza G Imagem: Reprodução/Instagram

Gustavo Frank

De Nossa

13/01/2021 04h00

O filme "Uma Linda Mulher" é praticamente um patrimônio histórico do cinema. Não tem quem não se lembre de Julia Roberts no papel da protagonista. Inesquecível também é um dos looks usados pela atriz para a personagem: um vestido branco na parte de cima e azul na parte debaixo, conectados por uma argola.

Recriada recentemente pela ASOS, a peça, na verdade, foi originalmente feita pela marca Hunza nos anos 90. À época, a parte inovadora do vestido era o seu tecido enrugado de elástico com o tamanho único - assim como todas as demais peças.

Julia Roberts em "Uma Linda Mulher" (1990); peça da Hunza, nas mãos de Peter Meadows, marcou o mundo da moda - Reprodução - Reprodução
Julia Roberts em "Uma Linda Mulher" (1990); peça da Hunza, nas mãos de Peter Meadows, marcou o mundo da moda
Imagem: Reprodução

Sob a direção de Peter Meadows, a marca teve um grande sucesso com sua assinatura, fabricação única dobrável e designs pernaltas de corte alto.

Reinvenção sob nova direção

Após um longo tempo desativada, a marca retorna hoje como Hunza G, nas mãos da diretora de criação e designer de interiores Georgiana Huddart and Meadows.

A designer e diretor criativa Georgiana Huddart and Meadows - Reprodução - Reprodução
A designer e diretor criativa Georgiana Huddart and Meadows
Imagem: Reprodução

Suas peças mantêm a identidade, o tamanho único — que se adapta do número 40 ao 48 — e explora o mercado do beachwear.

Quem recentemente disparou a procura por um dos biquínis foi Bruna Marquezine. Em demanda hipotética feita por Nossa por uma das peças, o comunicado diz: "Como estamos enfrentando uma demanda um pouco mais alta do que o normal, pretendemos entrar em contato com você em 48 horas. Agradecemos sua paciência constante".

Nos cliques compartilhados pela atriz em sua viagem de final de ano, ela aparece usando uma das criações de Georgiana, o conjunto na cor rosa e canelado, que pode ser comprado aqui no Brasil por R$ 1,2 mil.

Rafa Kallimann e Bruna Marquezine combinando peças da Hunza G - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Rafa Kallimann e Bruna Marquezine combinando peças da Hunza G
Imagem: Reprodução/Instagram

"Eu era obcecada pelo tecido desde muito jovem - e quanto mais velho ficava, mais não conseguia entender por que ninguém o havia revivido", contou a designer e head da marca em entrevista à revista "Forbes".

É um tecido tão lisonjeiro, confortável e único. Acho que é incomum encontrar pessoas que não gostam de usá-lo e se sentem confiantes nele".

Um dos principais pilares da Hunza G, além da famosa palavra "conforto", que rondou a moda em meio a pandemia do coronavírus em 2020, é a sustentabilidade.

Cada item é feito sob encomenda no estúdio, o que significa que nenhum tecido é desperdiçado. O material exclusivo da marca é tricotado e tingido por artesãos locais, diminuindo as emissões de gases poluentes e ajudando a promover uma indústria de produção de moda mais forte no Reino Unido.

"Nossa ideia é produzir tudo de forma sustentável e ética", complementou Georgina na mesma entrevista citada anteriormente. "Somos uma marca britânica em termos de raízes e herança e não queremos perder essa identidade em nenhum dos nossos processos de produção".

Sempre nos esforçamos para ser inclusivos. Não de uma forma direcionada, mas no geral".
Georgiana Huddart and Meadows

Favoritismo grifado

Campanha da coleção da Hunza G - Divulgação - Divulgação
Campanha da coleção da Hunza G
Imagem: Divulgação

Bruna Marquezine, entretanto, não é a única famosa a adotar o visual da marca inglesa. A nova pegada conquistou os maiores nomes da moda atualmente, como Hailey Bieber, Emily Ratajkowski e Kim Kardashian.

Uma das estratégias bem-sucedidas adotada pela Hunza G é o compartilhamento de fotos de suas clientes por meio do Instagram, seja você do clã das Kardashian-Jenner ou uma anônima.

Nas palavras de Georgiana, quando questionada quem são seus clientes: "Esperançosamente, todos e qualquer um", rompendo até mesmo com os gêneros, o que recentemente propôs Adriana Degreas.

Beachwear sem gênero de Adriana Degreas - Divulgação - Divulgação
Beachwear sem gênero de Adriana Degreas
Imagem: Divulgação

Para o futuro, além de entrar no patamar de grifes já consolidadas que investem no swimwear, a diretora criativa busca no futuro ampliar ainda mais a gama de tecidos, embora ainda mantenha sua personalidade original.

Hunza G - Divulgação - Divulgação
Hunza G
Imagem: Divulgação