PUBLICIDADE
Topo

Hotel de gelo na Suécia tem "sauna mais fria do mundo" e floresta congelada

Localizado no norte do país, Icehotel busca oferecer experiência que vai além do conforto e acolhe também uma aventura para os seus hóspedes - Divulgação
Localizado no norte do país, Icehotel busca oferecer experiência que vai além do conforto e acolhe também uma aventura para os seus hóspedes
Imagem: Divulgação

Gustavo Frank

De Nossa

10/01/2021 04h00

A tendência de viagens atualmente são aquelas que proporcionam isolamento. E que tal se isolar em um dos lugares mais frios do mundo? Essa é a proposta do Icehotel, na Suécia.

Localizado em Jukkasjärvi, a cerca de 200 quilômetros acima do Círculo Polar Ártico, no norte do país nórdico, o hotel originalmente começou como uma galeria de arte em 1989 e foi adaptado para receber viajantes do mundo todo há 31 anos.

O hotel é separado em duas dinâmicas: a primeira delas consiste em quartos "quentes", como já estamos acostumados; já a segunda traz a versão que atrai os curiosos: suítes artísticas, feitas de gelo, que são projetadas por diferentes artistas e reconstruídas ano após ano depois de derreterem.

O período para visitas e hospedagem nas suítes de gelo funciona entre os meses de dezembro e abril.

Sauna

Sauna do Icehotel - Divulgação - Divulgação
Sauna do Icehotel
Imagem: Divulgação

Um dos pontos destacados pelos criadores do hotel, para este ano, é a sauna "mais fria do mundo".

Forno de gelo da sauna - Divulgação - Divulgação
Forno de gelo da sauna
Imagem: Divulgação

Projetada pelo arquiteto Luca Roncoroni, o ambiente cria uma combinação entre o calor e frio — além, é claro, de exóticos roupão de banho e toalhas feitas de neve, dois "fornos" de gelo e uma banheira de 631 litros para o momento de relaxamento.

O recomendado pelo hotel é que os hóspedes passem uma noite em um dos quartos de gelo e algumas noites em um de seus quartos mais quentes e aconchegantes.

O acesso ao primeiro deles tem início ao anoitecer, e os hóspedes podem guardar seus pertences e se refrescar, além da experiência congelante, em uma sauna aquecida.

Natureza fria

Floresta congelada do Icehotel - Divulgação - Divulgação
Floresta congelada do Icehotel
Imagem: Divulgação

Outro trabalho artístico desenvolvido pelo local foi uma floresta congelada, criada pela parceria dos artistas suecos Anna Öhlund e John Pettersson.

Inspirada na prática japonesa dos anos 1980 de Shinrin-Yoku, conhecida também como "banho de floresta", em que a pessoa absorve a atmosfera ao seu redor ao interagir com seus próprios sentidos, a sala temporária Ceremony Hall foi projetada para se parecer com uma área coberta por árvores geladas, na qual os hóspedes são cercados por obras de arte que reproduzem o ambiente florestal.

Além da atuação espiritual, o espaço pode ser alugado também para cerimônias de casamento e até mesmo reuniões de trabalho.

Suítes especiais

A suíte deluxe Kodex Maximus é uma das adições permanentes feitas pelo Icehotel para a temporada de 2021 e foi projetada para parecer um pouco "desequilibrada", ou seja, sem o intuito de detalhes geometricamente perfeitos para os móveis e paredes.

Suíte Deluxe Kodex Maximus - Divulgação - Divulgação
Suíte Deluxe Kodex Maximus
Imagem: Divulgação

O site do hotel aconselha seus hóspedes a "se preparar para perder o controle" neste quarto que foi projetado para dar uma sensação surreal para quem fica lá.

Ironicamente, o ambiente é sustentado por energia solar e mantém a temperatura ambiente em -5 Cº. Aqui, vale ressaltar que, assim como esse cômodo, todo o Icehotel é mantido por meio de energia sustentável.

Outra opção é a suíte Toybox, que tem como intuito transportar quem ficar por lá direto para os tempos de infância. Para isso, objetos de decoração com uma pegada nostálgica foram dispostos, além de uma cabeceira na cama que reproduz um coelho, feita de gelo.

Suíte Toybox, criada pelos artistas Wouter Biegelaar e Viktor Tsarski - Divulgação - Divulgação
Suíte Toybox, criada pelos artistas Wouter Biegelaar e Viktor Tsarski
Imagem: Divulgação

Duas suítes finalizam as edições mais especiais do hotel, a Hang Loose, com esculturas de arte feitas detalhadamente com o polimento do gelo, e a Oh Rapunzel, desenhada no formato de um cão maltês com três metros de altura e cabelos longos que fluem pela sala — "proporcionando um companheiro fiel em tempos de isolamento e solidão", como indica o hotel na descrição do quarto.

O que levar e quanto custa?

O Icehotel indica aos hóspedes uma lista completa de itens essenciais para uma viagem ao hotel e para o clima em geral, incluindo meias de lã, sapatos maiores para usar pares extras de meias, e muitas camadas de roupas.

No entanto, lençóis e outros acompanhamentos para a hora de dormir, feitos de pêlos sintéticos, são disponibilizados para os aventureiros.

Uma noite de estadia pode custar a partir de US$ 732, cerca de R$ 3,9 mil, para o quarto "comum", incluindo os cômodos construídos de forma tradicional, apelidados como "aconchegantes", e US$ 1,4 mil, aproximadamente R$ 7,5 mil, para o quarto deluxe.