PUBLICIDADE
Topo

10 tendências do turismo de luxo para 2021: de barcos a destinos remotos

Viagens para locais remotos e sem o turismo de massa estão entre as tendências - Getty Images/iStockphoto
Viagens para locais remotos e sem o turismo de massa estão entre as tendências
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Mari Campos

Colaboração para Nossa

29/12/2020 04h00

Passados mais de nove meses de pandemia, e mesmo com a maioria das pessoas sem viajar ao longo de 2020, o mercado de turismo de luxo se mostra otimista para 2021. Durante a ILTM World Tour 2020, o maior e mais importante evento do setor, realizado em dezembro, ficou claro que o turista de luxo segue viajando, ainda que com menos frequência do que o fazia antes da pandemia.

Por outro lado, o viajante de luxo agora hospeda-se por mais tempo em um mesmo destino e hotel (graças à nova realidade de home office e ensino à distância para muitas pessoas), investindo mais e procurando cercar-se de cuidados relacionados a segurança e higiene.

As inaugurações de novos hotéis de luxo, que seguiram acontecendo ao longo de 2020, devem se intensificar ainda mais no ano que vem. Com menos hóspedes por hotel, a personalização de serviços tornou-se mais importante do que nunca, e será tendência definitiva deste mercado, mesmo no pós-pandemia — assim como sustentabilidade e bem-estar. E tendências que começam no turismo de luxo geralmente acabam se estendendo para outros setores do turismo também, inclusive os mais econômicos.

Conversamos com três especialistas neste mercado — Simone Scorsato, diretora executiva da BLTA (Brazilian Luxury Travel Association); Simon Mayle, diretor de eventos da ILTM (International Luxury Travel Market); e Erik Sadao, proprietário da Sapiens Travel — para conhecer as principais tendências do turismo de luxo para 2021. Confira:


1. Destinos remotos

sheldon chalet - Divulgação - Divulgação
Sheldon Chalet: isolado nas montanhas do Denali National Park, uma das mais lindas áreas de ecoturismo do Alasca, nos Estados Unidos
Imagem: Divulgação

Os viajantes buscarão cada vez mais destinos remotos e isolados, sobretudo ainda pouco conhecidos e pouco frequentados. "O novo é sempre bem-vindo", defende Simone Scorsato. Destinos que garantam atividades ao ar livre e muito contato com a natureza seguirão em alta.

O viajante de luxo vai priorizar destinos com grandes espaços abertos, como Escócia ou Patagônia, e vai evitar destinos com overtourism. A procura por villas e barcos privados também deve aumentar"
Simon Mayle

A ideia de distanciamento social também deve continuar em voga em 2021, independentemente da evolução do cenário pandêmico. "Lugares abertos, e com fronteiras abertas, devem seguir como prioridade, assim como destinos que solicitem testes PCR para entrada; afinal, sabemos que a vacinação generalizada e adequada demorará muito em alguns destinos", alerta Erik Sadao.

2. Sustentabilidade

Turismo sustentável - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
O termo turismo sustentável começou a aparecer nas últimas décadas
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O viajante de luxo está cada vez mais consciente sobre como tudo está conectado. Aprendemos em 2020 que a necessidade de transformar o turismo em uma cadeia verdadeiramente sustentável é imediata.

O viajante será cada vez mais consciente. Desde antes da pandemia, o mercado já tinha a expectativa de que 2020 seria o ano do viajante consciente"
Simon Mayle

"Este tipo de turista agora entende que sustentabilidade em turismo é saber como hotéis e prestadores cuidam do meio ambiente, mas também saber se ajudam suas comunidades, como ajudam, se contratam pessoas da comunidade etc", afirma Mayle.

3. Staycations

Homem no Rio de Janeiro - Getty Images - Getty Images
Aproveitar a própria cidade para fazer turismo é o mote do staycation
Imagem: Getty Images

Hospedar-se em um hotel na sua própria cidade é outra tendência que também deve seguir em alta, assim como a procura por destinos domésticos e próximos de casa, nos quais o turista possa chegar facilmente em seu próprio veículo.

Hotéis do Rio de Janeiro, por exemplo, têm focado bastante ultimamente nos próprios cariocas, ampliando serviços em gastronomia e investindo em maior infraestrutura para mesclar trabalho e lazer — e a estratégia vem dando certo.

Em alguns destinos, como Amsterdã, a tendência do staycation está dando tão certo que vários restaurantes queridinhos da cidade estão abrindo com sucesso versões temporárias dentro de hotéis para sobreviver mesmo em tempos de quarentena e lockdown"
Erik Sadao

4. Estadias mais longas

tendencias turismo 2021 - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Por segurança ou respiro dos meses de quarentena, mais pessoas buscam fugir dos grandes centros e ficar mais tempo
Imagem: Getty Images/iStockphoto

As chamadas extended stays (estadias prolongadas) tiveram seu ano de maior sucesso justamente em 2020 — e a tendência de investir neste tipo de viagem mais demorada deve prosseguir no ano que vem. Veremos um crescimento ainda maior do slow travel", diz Simone Scorsato.

As viagens serão mais longas e mais tranquilas, as estadias em um mesmo hotel serão mais demoradas, e as pessoas tentarão sempre aproveitar ao máximo cada experiência fora de casa. O tempo será o verdadeiro luxo"

Hotéis que ofereçam boa estrutura para home office e homeschooling devem se destacar.

5. Viagens de bem-estar

turismo bem-estar mulher em paisagem - Getty Images - Getty Images
O turismo de bem-estar incluirá experiências não apenas para o corpo, mas também mente e espírito
Imagem: Getty Images

Depois de passarmos 2020 inteiro preocupados com a nossa saúde a a das pessoas que amamos, esta será também, mais do que nunca, uma grande motivação para as viagens. "Os viajantes cuidarão ainda mais do seu bem-estar, e de uma maneira mais holística, pensando em saúde de corpo, mente e espírito", destaca Simon Mayle.

Valorizarão mais também as experiências de bem-estar imersivas, como sessões com xamãs no México ou com tribos amazônicas"

6. Mais viagens em família

mariana minas gerais turismo brasil - Getty Imagens - Getty Imagens
As viagens com família ou pequenos grupos de amigos terão preferências após a pandemia
Imagem: Getty Imagens

Após tanto tempo separados de família e amigos, é natural que os viajantes passem a valorizar ainda mais este tipo de viagem em pequenos grupos em 2021. Mas sem excessos e pensando sempre em distanciamento social.

A expectativa do setor é que viagens multi-gerações em família ou em pequenos grupos de amigos aumentem, inclusive com a possibilidade de reservar pequenas pousadas ou lodges inteiros para tentar garantir mais segurança de todos.

7. Experiências transformadoras

turismo viagem índio amazônia - Getty Imagens - Getty Imagens
A procura por experiências autênticas nos destinos é tendência para 2021
Imagem: Getty Imagens

A busca por experiências de viagem mais autênticas e pessoais também deve crescer em 2021. Cada vez mais o viajante de luxo quer se envolver ativamente nas atividades dos locais que visita e não mais ser apenas um mero espectador.

A procura por situações de aprendizado e participação direta em atividades locais e autênticas nas viagens deve aumentar bastante"
Simone Scorsato

"Assim como a necessidade de compartilhar estas experiências, seja com a comunidade anfitriã no destino ou com os seus próprios companheiros de viagem", diz Simone.

8. Foco na segurança

Mesmo com tantos países já iniciando seus processos de vacinação, as viagens em 2021 devem continuar tendo como um dos principais focos a segurança. Inclusive porque ainda não sabemos exatamente quando e como a vacinação deve ocorrer também no Brasil.

Homem faz check-in em hotel com máscara; viajar na pandemia - Getty Images - Getty Images
Além de checar as regras de segurança e higiene nos hotéis, é preciso estar atento às taxas de remarcação e outros serviços
Imagem: Getty Images

"Haverá um choque de realidade em janeiro por conta das perspectivas super otimistas de alguns povos com relação à vacina. Muita gente está achando que a vacina é de uma dose só, com eficácia generalizada, mas sabemos que essa é uma vacinação super complexa e que os planos para o próximo ano também deverão ser adequados a esses tempos", alerta Erik Sadao.

Vale lembrar que o planejamento de viagens focado em segurança não deverá se referir apenas à segurança sanitária.

Viajantes estão cada vez mais atentos e as boas políticas de cancelamento e reembolso em geral serão cada vez mais valorizadas por eles na hora de escolher um produto ou serviço"
Simone Scorsato

9. Relações mais humanas

"As pessoas darão cada vez mais importância para um mundo realmente mais humano", defende Simon Mayle. E isso se refletirá, ao passar mais tempo em um mesmo destino, em se envolver de maneira mais direta com o lugar, seus moradores, sua história, suas tradições.

"Veremos também a maior humanização de serviços e a valorização da diversidade e das relações pessoais entre locais e visitantes", diz Simone.

10. Personalização de serviços

cheval blanc - Stefano Candito/Cheval Blanc Randheli - Stefano Candito/Cheval Blanc Randheli
A rede de resorts Cheval Blanc criou uma serviço para transformar os desejos dos hóspedes em realidade; na foto, o hotel nas Maldivas
Imagem: Stefano Candito/Cheval Blanc Randheli

Durante a realização da ILTM 2020, hoteleiros do mundo todo foram unânimes ao afirmar que o foco da indústria hoteleira será em 2021 mais do que nunca centrado no hóspede.

"As pessoas estão ansiosas, é claro; e através da personalização do atendimento conseguimos garantir que relaxem e realmente aproveitem suas viagens", defendeu Helen Smith, gerente de experiências do cliente na Dorchester Collection.

A tendência é que a customização de serviços inclua também a decisão de hotéis e prestadores de serviços manterem contato com o turista ativamente antes, durante e depois da viagem.

Alguns hotéis de luxo criaram, inclusive, novos departamentos e projetos específicos para garantir essa personalização constante dos serviços. É o caso, por exemplo, dos hotéis Cheval Blanc (com propriedades em destinos como St-Barth, Courchevel, St-Tropez e, em breve, Paris), que criaram recentemente o "the wishmaker by Cheval Blanc", setor que se esforça para transformar todos os desejos de seus hóspedes em realidade durante a hospedagem.