PUBLICIDADE
Topo

Vai voar? Saiba como se proteger do coronavírus no aeroporto e no avião

Homem usa máscara em aeroporto - Getty Images
Homem usa máscara em aeroporto
Imagem: Getty Images

Marcel Vincenti

Colaboração com Nossa

07/12/2020 04h00

Neste fim de ano, muitos brasileiros irão embarcar em aviões para passar o Natal com a família, curtir o Réveillon ou realizar outras viagens nas quais um percurso aéreo é necessário.

Veja dicas e saiba quais cuidados sanitários que os passageiros podem e devem tomar antes, durante e após cruzar aeroportos possivelmente lotados e passar horas dentro de uma aeronave.

Check-in online

Check-in online - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Check-in online
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Para evitar aglomerações no aeroporto, é recomendável que o passageiro complete o máximo possível de procedimentos de pré-embarque através de seu computador, tablet ou smartphone.

Companhias aéreas, por exemplo, possibilitam a realização do check-in através da internet, que gera um cartão de embarque digital - simplificando, assim, o processo de pré-embarque e diminuindo as chances de formações de grandes filas nos balcões aeroportuários.

Baixe o aplicativo da empresa aérea com a qual for voar: isso pode facilitar estes procedimentos online.

Não se esqueça da máscara

Viajantes de máscara no aeroporto do Reino Unido - Getty Images - Getty Images
Viajantes de máscara no aeroporto do Reino Unido
Imagem: Getty Images

Apesar de a pandemia ainda estar presente no mundo inteiro, é comum ver pessoas circulando sem máscaras pelas ruas do Brasil.

Mas, se não levar este item de segurança sanitária para o aeroporto, o passageiro pode se dar mal (e não só pelo fato de estar mais exposto ao coronavírus).

Para permitir a entrada na aeronave, companhias aéreas estão exigindo que o viajante esteja usando a máscara (que deve ser também utilizada durante o voo). É o caso da Gol, em cujos aviões o uso de máscaras é obrigatório para todos, exceto crianças com menos de 2 anos e pessoas com necessidades especiais, que são orientadas caso a caso.

E a máscara também precisa cobrir o rosto dos viajantes dentro de aeroportos do Brasil (exceto no caso de crianças de 0 a 2 anos). Não esqueça de trazê-la de casa.

Chegue mais cedo ao aeroporto

Olho no horário para evitar filas e aglomerações - Getty Images - Getty Images
Olho no horário para evitar filas e aglomerações
Imagem: Getty Images

Companhias aéreas estão recomendando que, mesmo para viagens aéreas nacionais, os passageiros cheguem ao aeroporto com boa antecedência em relação ao voo (verifique, com sua empresa aérea, qual é a antecedência indicada especificamente para sua viagem).

Uma das razões para isso é que os controles sanitários, hoje vigentes nos aeroportos por causa da pandemia, podem deixar o processo de embarque mais demorado. E isso faz com que o viajante tenha mais flexibilidade para entrar em filas apenas quando elas não estiverem com muita gente (caso o relógio permita, logicamente).

Respeite o distanciamento

Se não puder evitar filas, tente manter uma distância segura das outras pessoas - Getty Images - Getty Images
Se não puder evitar filas, tente manter uma distância segura das outras pessoas
Imagem: Getty Images

Caso seja inevitável enfrentar filas antes do embarque, é fundamental que o passageiro respeite as normas de distanciamento que, por causa da pandemia, foram estabelecidas em aeroportos brasileiros.

Na frente de balcões de check-in e de despacho de bagagens de todo o país, por exemplo, foram colocadas sinalizações que indicam a distância que o passageiro deve manter de outros viajantes enquanto está na fila.

Siga estas indicações à risca, para evitar contato próximo com estranhos antes do embarque.

Álcool em gel a bordo

Álcool em gel é um grande aliado nas viagens da pandemia - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Álcool em gel é um grande aliado nas viagens da pandemia
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Companhias aéreas que operam no Brasil afirmam disponibilizar, dentro das aeronaves, álcool em gel para os passageiros.

Porém, por segurança extra, vale a pena também levar um frasquinho de álcool em gel na bagagem de mão, para higienizar as mãos com frequência dentro da aeronave.

Mas lembre-se: "para uso dentro do avião em voos nacionais, o passageiro pode levar na mala de mão até 500 ml de álcool em gel. Em trajetos internacionais, o máximo permitido é de 100 ml, que deve ser transportado em frasco de plástico transparente", informa a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas). "Vale ressaltar que álcool líquido é proibido no avião e será barrado no raio-X".

Respeite o embarque ordenado

Máscara, distanciamento e paciênci na hora de embarcar - Getty Images - Getty Images
Máscara, distanciamento e paciênci na hora de embarcar
Imagem: Getty Images

É importantíssimo evitar aglomerações ao redor do portão de embarque do voo.

Aproxime-se do portão e forme filas apenas quando seu grupo (especificado no documento de embarque) for chamado.

Caso não haja este procedimento de chamadas por grupo, entre no avião mantendo o máximo possível de distância de outras pessoas.

Respeite o desembarque ordenado

Nada de ansiedade para sair do avião. Respeite as orientações - Getty Images - Getty Images
Nada de ansiedade para sair do avião. Respeite as orientações
Imagem: Getty Images

Antes da pandemia, uma imagem era muito comum nas viagens aéreas: mal a aeronave pousava no aeroporto, grande parte dos passageiros já se levantava e se aglomerava no corredor do avião, em uma urgência irreprimível para desembarcar.

Esta cena ainda pode ocorrer nas aeronaves, mas vem sendo combatida: na pandemia, as companhias aéreas estão realizando desembarques mais ordenados, liberando a saída dos viajantes pouco a pouco, fileira por fileira.

Respeite este procedimento e só se levante do seu assento quando chegar a sua vez de desembarcar. É uma ótima maneira para evitar muvucas a bordo.

Recolhimento de bagagem ordenado

Evite aglomerações também na hora de pegar sua bagagem - Getty Images - Getty Images
Evite aglomerações também na hora de pegar sua bagagem
Imagem: Getty Images

O momento em que os passageiros recolhem suas bagagens nas esteiras do aeroporto, logo após o voo, costuma gerar aglomerações.

Fique atento para não se amontoar com outras pessoas durante a espera por suas malas - e não deixe de usar a máscara nesta etapa depois do desembarque.

"Se possível, toque apenas na alça da sua bagagem e faça a higienização dela assim que a retirar da esteira", informa a Abear.

Cuidados das companhias aéreas

Companhias prometem cuidados extra e tecnologia para combate ao coronavírus - Unsplash - Unsplash
Companhias prometem cuidados extra e tecnologia para combate ao coronavírus
Imagem: Unsplash

Além de recomendar que os passageiros tomem cuidados sanitários, as próprias companhias aéreas afirmam estar adotando procedimentos para proteger a saúde de seus clientes e funcionários durante a pandemia, como a realização de higienizações mais rígidas das aeronaves.

Entre as ações mais visíveis para os passageiros, está o uso de máscaras pelos comissários e a disponibilização de álcool em gel a bordo.

Como cliente, fique atento para ver se as companhias realmente estão tomando estes cuidados.

E empresas do setor aéreo afirmam que o ambiente do avião apresenta altos níveis de segurança para os passageiros.

A fabricante Boeing, por exemplo, que fornece jatos para diversas companhias que operam no Brasil, informa que, em todos os seus aviões, há um sistema de filtragem similar aos utilizados em hospitais e que renova constantemente o ar que circula a bordo, extraindo mais de 99,9% de vírus e bactérias presentes no ar.

Luz ultravioleta será uma das medidas para acabar com germes nos banheiros dos aviões da Boeing - Divulgação - Divulgação
Luz ultravioleta será uma das medidas para acabar com germes nos banheiros dos aviões da Boeing
Imagem: Divulgação

Mesmo assim, o passageiro deve tomar cuidados individuais para prevenir a disseminação do coronavírus em uma viagem aérea.

Fontes consultadas: Azul, Delta, Emirates, Gol, Latam, Lufthansa e Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).