PUBLICIDADE
Topo

SPFW 25 anos: Com voz de Matogrosso, Villaventura contrasta cor e textura

Colaboração para Nossa

07/11/2020 21h45

Após um momento de reflexão e recolhimento, Lino Villaventura encontrou na sua apresentação neste sábado (7), no quarto dia da edição de 25 anos do São Paulo Fashion Week, uma forma de colocar o bloco na rua. Para isso, contrastou cores, texturas, transparência e contou com narração de Ney Matogrosso.

"Não pensei em fazer nenhum desfile, porque estamos em um momento de confinamento, de introspecção", falou o estilista em papo virtual após a apresentação. "Por isso, não queria fazer um desfile, queria mostrar imagens fortes, imagens inspiracionais." Para isso, convidou Matogrosso para recitar a canção "Bloco na Rua". "Que foi uma música muito emblemática para um momento opressivo."

O vídeo com direção do fotógrafo Miro e de Paulo Borges, a apresentação da coleção de Lino é uma explosão de tecidos, formas. De acordo com o estilista, o isolamento social o fez entrar em uma introspecção que se transformou em criatividade para experimentar novos métodos de tingimento, de texturas e bordados em tecidos diferenciados.

Assim, surgiu um show de vestidos e trajes amplos, às vezes pesados como mantos de reis, às vezes leves como túnicas. Em sobreposição de camadas pretas e em cores fortes e vibrantes, principalmente em tonalidades primárias, batem de frente com transparências. "Tem uma interpretação muito diferente dos meus trabalhos. Não tem muito adereço, mas uma interpretação de corpo, dos modelos", complementou Lino.