PUBLICIDADE
Topo

"Devem ter uma vida muito desagradável", diz Antonio Fagundes sobre haters

De Nossa

18/10/2020 13h29

Com a participação de Antonio Fagundes e do filho, Bruno Fagundes, Zeca Camargo apresentou a Curva das Expectativas flutuantes deste domingo (18) no Brazil com Zeca.

O documentário "O Dilema das Redes", da Netflix, é um dos grandes destaques, figurando no ponto "Perfeição" da curva. A produção foi elogiada pelos três durante o programa.

"Faz a gente pensar em tantas coisas. É super necessário", comentou Zeca Camargo, que indicou ainda outros dois documentários: "Professor Polvo" e "Crip Camp: Revolução pela Inclusão", sendo esse último sobre um acampamento nos Estados Unidos que mudou a lei da inclusão no mundo todo.

A produção sobre as redes sociais levou o assunto ainda para as recentes fofocas sobre o cantor Vitão, que recentemente assumiu um relacionamento com a Luísa Sonza — o que na opinião de Zeca, "já encheu".

"É impressionante como as pessoas nas redes sociais estão mais preocupadas com a vida dos outros do que a própria", comentou o apresentador.

O argumento de Zeca foi complementado por Antonio Fagundes, que se diz surpreso com a quantidade de pessoas "que odeiam e vivem para isso".

"Essas pessoas devem ter uma vida muito desagradável", opinou. "Imagina você carregar esse ódio e entrar na rede pra esculhambar quem você nem conhece", disse o veterano.

Já Bruno alertou ainda sobre a consciência em cima daquilo que é compartilhado sobre qualquer assunto nas plataformas: "A gente controla o que a gente consome e o que espalha. O cuidado faz parte da nossa humanidade".

Podcasts

A Curva contou também com o estrelato dos podcasts. Para Zeca, um deles que precisa estar na lista é o "Praia dos Ossos", crime de repercussão nacional, tema de livros, debates, programas de televisão e muitas reportagens.

Apos o apresentador argumentar que os podcasts hoje em dia são como "radionovelas" no passado, Antonio destacou a semelhança presente nessas novas plataformas com o que era consumido há um tempo.

"O podcast é uma espécie de rádio, que você acessa na hora que você quiser", opinou.

Bruno complementou: "Muitos amigos atores meus estão mergulhando nesse universo da novela por meio do podcast. É incrível".

Saudade do cinema, né, minha filha?

Zeca Camargo aproveitou a oportunidade ainda para falar sobre as saudades do cinema e dos teatros.

"Não poder ir ao cinema já encheu, né?", comentou.

Para Antonio Fagundes, ele ainda vê como perigoso a abertura dos cinemas que, diferentemente dos teatros, não precisam de aglomeração.

"Já estamos acostumados a vermos filmes sozinhos em casa", opinou. "Eu ainda acho perigoso. Tenho mais medo de passar a doença do que receber".

Bruno concorda e diz ser ainda muito cedo para que tais estabelecimentos abram as portas, embora esteja ansioso por esse momento.

"O problema é ser transmissor", disse o ator. "É melhor sermos conscientes. Pensar no próximo e ver o que pode ser evitado".

Anota aí!

Brasil com Zeca vai ao ar todo domingo, às 12 horas. Você pode acompanhar o programa no Youtube de Nossa, na home do UOL e no Facebook e no Twitter do UOL.