PUBLICIDADE
Topo

Os vinhos certos para brindar com três tipos de salame

De coadjuvante a protagonista: cada salame tem seu par etílico - Getty Images
De coadjuvante a protagonista: cada salame tem seu par etílico Imagem: Getty Images

De Nossa

25/09/2020 11h43

Muito se fala em harmonização de vinhos com queijos. Mas, tanto em casa quanto em restaurantes, os laticínios geralmente não são servidos em tábuas sozinhos, e sim ao lado de alguns, digamos, coadjuvantes. Entre eles, o salame, protagonista dessa matéria.

O embutido tem diferentes receitas e composições ao redor do mundo. Os mais prestigiados são o italiano, o hamburguês e o pepperoni, que se diferenciam tanto pela carne quanto pelos temperos e tempo de cura ou maturação.

Confira qual o vinho ideal para colocar na taça de acordo com o seu tipo de salame favorito.

Vinho com salame - Natalia Van Doninck/Getty Images/iStockphoto - Natalia Van Doninck/Getty Images/iStockphoto
Tábua variada: não é só o queijo que importa
Imagem: Natalia Van Doninck/Getty Images/iStockphoto

Italiano

Usualmente feito de carne suína e toucinho, esse tipo de salame ainda pode levar sal, vinho e especiarias. Para atingir o gosto ideal e manter a característica de longa durabilidade, passa por um processo de maturação de cerca de 40 dias.

Segundo a marca de embutidos Hans, os espumantes são os vinhos mais indicados para a harmonização por conta da acidez e da presença de gás, que ajuda a equilibrar a quantidade de sal que tem no produto.

Embutidos pendurados em loja após o processo de maturação - Silvia Otte/Getty Images - Silvia Otte/Getty Images
Embutidos pendurados em loja após o processo de maturação
Imagem: Silvia Otte/Getty Images

Pensando nessa lógica, o Lambrusco e o Moscatel são as sugestões principais. O Brut, embora menos doce que os dois primeiros, também pode cair bem.

Hamburguês

Esse salame se diferencia do italiano pelo calibre mais grosso e por levar outros temperos, caso da pimenta. Além de combinar com Moscatel e Brut, harmoniza bem com vinhos brancos mais secos produzidos com uvas Riesling.

Assim como a acidez, as notas aromáticas de frutas cítricas e de flores elevam o sabor da pimenta e da defumação do salame.

Amado pelos americanos, pepperoni geralmente vai no topo de pizzas - Getty Images/EyeEm - Getty Images/EyeEm
Amado pelos americanos, pepperoni geralmente vai no topo de pizzas
Imagem: Getty Images/EyeEm

Pepperoni

As carnes suína e bovina compõem esse salame que é estrela das pizzas norte-americanas. De gosto bem marcante, o produto tem coloração avermelhada e sabor picante pela grande presença de páprica.

De acordo com a Hans, a harmonização com melhor efeito é com o vinho tinto produzido com a casta Pinot Noir. Leve, com boa acidez e taninos macios, são vinhos gastronômicos fáceis de combinar com alimentos bem aromáticos.

Fonte: Hans