PUBLICIDADE
Topo

Coxinha no copo faz sucesso no Rio e conquista os esfomeados na internet

Coxinha no copo virou fonte de renda da estudante de direito Tharcia de Melo e levantou discussões nas redes sociais - Arquivo Pessoal
Coxinha no copo virou fonte de renda da estudante de direito Tharcia de Melo e levantou discussões nas redes sociais Imagem: Arquivo Pessoal

Luciana Cavalcante

Colaboração para Nossa

04/09/2020 10h12

Todo mundo sabe que coxinha é uma paixão nacional. Pensando nisso e para tentar manter a renda da família durante a pandemia, a estudante de direito carioca Tharcia de Melo, 20 anos, criou a coxinha no copo, uma versão do salgado em camadas montado em um copo, que está bombando nas redes sociais.

Em menos de uma semana já foram mais de 14 mil compartilhamentos e um volume de 300 mensagens por dia no Whatsapp de Tharcia com consultas sobre encomendas.

O lanche é oferecido em dois tamanhos, 500 ml ou de 354 ml. É feito em camadas intercaladas de massa frita, frango e catupiry. A última é do creme com uma coxinha tradicional no topo.

A jovem conta que não tinha nenhuma experiência culinária e que teve a ideia quando os pais, que são funcionários de restaurantes, tiveram seus contratos encerrados ou suspensos por conta da pandemia.

As coisas começaram a ficar mais apertadas e eu resolvi fazer copo da felicidade. Comecei com torta salgada e doce. Só depois veio a ideia da coxinha"

Tharcia de Melo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Tharcia de Melo
Imagem: Arquivo Pessoal

Tharcia de Melo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Coxinha de copo é sucesso na web
Imagem: Arquivo Pessoal

Sua mãe é operadora de caixa e o pai, cozinheiro, mas Tharcia garante que quem comanda as panelas é ela. "Meu pai sempre me ajuda, me dá dicas de como o tempero pode ficar mais saboroso, mas sou eu que faço tudo", revela.

Para divulgar os produtos a estudante de direito criou perfis nas redes sociais. Mas o sucesso veio quase um mês depois, no último dia 27, com o anúncio da coxinha no copo. A página do Facebook, saltou de duas mil para mais de 14 mil curtidas, em menos de uma semana. A foto da coxinha teve quase duas mil curtidas e quase nove mil comentários.

A venda é delivery ou para retirada no local e depois da repercussão Tharcia diz que atende cerca de trezentas mensagens diárias só pelo Whatsapp. Além de estar conseguindo garantir o sustento da família ela já pensa em expandir o negócio. "Ainda não tenho loja física, mas pretendo. Vou continuar a faculdade, mas não pretendo abandonar a coxinha, até porque descobri uma coisa que estou gostando muito de fazer".

No Twitter, a a coxinha no copo fez sucesso, mas também levantou uma discussão: fariam ou não fariam?

A maioria, por mais exótica que ela pareça, se sentiu atraída pela novidade:

Tem até quem ache que falta um pouco de queijo:

Seria a nova "coxinha no copo" capaz de vencer a já clássica "coxinhas no copo"?