PUBLICIDADE
Topo

Onde ficam e o que servem os 10 restaurantes mais antigos do mundo

Restaurante Piwnica Swidnicka, na Polônia: sexto lugar na lista dos mais antigos do mundo  - Divulgação
Restaurante Piwnica Swidnicka, na Polônia: sexto lugar na lista dos mais antigos do mundo
Imagem: Divulgação

Bárbara Ligero

Colaboração para Nossa

30/08/2020 04h00

Em um ano especialmente desafiador para o setor gastronômico, é interessante notar como alguns poucos estabelecimentos conseguiram resistir ao tempo, às mudanças de paladar e às crises econômicas.

Na maioria das vezes, esse sucesso se deve ao preparo de pratos locais atemporais, que conseguiram se sobrepor aos modismos e às tendências passageiras. Além, é claro, de um conjunto de sorte, boa administração e criatividade.

Para descobrir quais são os restaurantes mais antigos do mundo ainda em funcionamento, o provedor de serviços financeiros NetCredit realizou um levantamento em 115 países.

Dessa pesquisa nasceu uma série de infográficos que mostra qual é a casa mais antiga de cada nação, a data de inauguração dos restaurantes e os seus pratos mais consagrados.

Como já era de se esperar, a Europa possui a maior proporção de restaurantes históricos, mas no ranking dos mais velhos consta também um par de estabelecimentos na Ásia. Confira o top 10:

1º lugar
St. Peter Stifts Kulinarium
Salzburgo, Áustria

st peter - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Apesar de ter sido obrigado a fechar as postas algumas vezes ao longo dos séculos, incluindo durante as invasões napoleônicas, o austríaco St. Peter Stifts Kulinarium é o restaurante mais antigo de que se tem notícia.

O estabelecimento, que existe pelo menos desde o ano 803, fica dentro da Abadia de São Pedro, em Salzburgo, e já recebeu vários clientes ilustres, incluindo o navegador Cristóvão Colombo e o compositor Mozart.

Composto por 11 salões, cada um decorado à sua maneira, o restaurante permite jantar em cenários únicos. Um deles é uma adega de pedra de pelo menos 500 anos de idade, onde os monges costumavam armazenar os seus vinhos.

A casa é famosa por servir o prato típico local tafelspitz — carne bovina cozida em um caldo com pedaços de maçã e raiz-forte.

2º lugar
Wurstkuchl
Regensburg, Alemanha

Wurstlkueche - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

Quando foi inaugurado, no ano 1146, o pequeno restaurante Wurstkuchl servia carne cozida para os estivadores, marinheiros e demais funcionários do porto fluvial de Regensburg, na Bavária.

O menu só foi mudar em 1806, quando uma nova família de proprietários, que comandam o local até hoje, fizeram das salsichas o novo carro-chefe da casa.

Wurstlkueche - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
O restaurante serve mais de 6 mil salsichas por dia
Imagem: Wikimedia Commons

Atualmente, o restaurante serve cerca de seis mil salsichas por dia, em porções que vêm acompanhadas de chucrute e mostarda. Mais alemão, impossível.

O estabelecimento em si é bem pequeno e despretensioso, com capacidade para no máximo 35 pessoas em seu interior. Porém, do lado de fora há mesas e bancos de madeira, onde os turistas se espalham durante o verão.

3º lugar
The Old House
Llangynwyd, País de Gales

The old house - Reprodução Facebook - Reprodução Facebook
Imagem: Reprodução Facebook

A localização remota do The Old House, que fica em um pequeno vilarejo do País de Gales chamado Llangynwyd, não impediu o local de ganhar renome mundial.

Além de já ter sido considerado o melhor pub de whisky de todo o Reino Unido, ele já recebeu celebridades internacionais como Richard Burton, Elizabeth Taylor e David Bowie.

De 1147, o estabelecimento passou por várias reformas e foi perdendo suas características originais ao longo do tempo.

Felizmente, uma nova família de compradores decidiu fechar o local por três anos para fazer restaurações no restaurante, que reabriu em julho de 2019 de cara... velha. Com as intervenções, antigas lareiras e paredes de pedra foram recuperadas.

Além disso, o cardápio continua ostentando o carro-chefe secular do pub: as tortas individuais, servidas com batatas e ervilhas, cujos recheios variam a cada dia.

4º lugar
Ma Yu Ching's Bucket Chicken House
Kaifeng, China

ma yu - Reprodução Facebook - Reprodução Facebook
Imagem: Reprodução Facebook
O quarto restaurante mais antigo do mundo ainda em funcionamento fica na cidade de Kaifeng, na China.

Especializado em vender baldes de frango frito para a viagem, o negócio existe desde 1153, o que significa que ele sobreviveu a invasões e trocas de dinastias. Atualmente, é considerado um patrimônio cultural imaterial pela Unesco.

5º lugar
The Brazen Head
Dublin, Irlanda

brazen - Master Phillip/Creative Commons_ - Master Phillip/Creative Commons_
Imagem: Master Phillip/Creative Commons_

O The Brazen Head já faz parte do circuito turístico de Dublin, na Irlanda: o estabelecimento fica a poucos passos de atrações como a Fábrica da Guinness, a Antiga Destilaria Jameson e a Catedral de Christchurch.

Considerado o pub mais antigo do país, vende cervejas desde 1198 e se orgulha de ter sido frequentado por muita gente famosa, incluindo Van Morrison e os escritores Jonathan Swift e James Joyce.

Além do pint de Guinness, a principal pedida no local é o "bangers and mash". Bastante popular no Reino Unido e servido principalmente nos pubs, o prato é composto por salsichas, purê de batata e molho de cebola. Para completar, o estabelecimento costuma ter shows de música irlandesa.

6º lugar
Piwnica Swidnicka
Braslávia, Polônia

6 Piwnica ?widnicka_Wikimedia Commons restaurante mais antigos - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

Inaugurado em 1273, esse restaurante polonês fica no subsolo do prédio da antiga prefeitura de Breslávia, o que significa que ele está instalado em um dos edifícios góticos mais emblemáticos da cidade.

Seu interior, que parece uma comprida caverna, ostenta em uma das paredes uma lista dos famosos que já comeram ali, incluindo Pablo Picasso e Otto Mueller. Há boas chances desses pintores terem pedido o pieróg, espécie de ravioli recheado com batata, chucrute, carne moída, queijo ou frutas.

7º lugar
La Couronne
Rouen, França

7 La Couronne_Wikimedia Commons restaurantes mais antigos - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

O La Couronne não é famoso só pela sua idade. O restaurante também é mundialmente conhecido por ter sido o local onde a cozinheira Julia Child comeu a sua primeira refeição na França e, consequentemente, desenvolveu seu amor pela culinária do país.

Aberto desde 1345, o restaurante fica na cidade de Rouen e serve um clássico local: o pato prensado.

8º lugar
The Sheep Heid Inn
Edimburgo, Escócia

8 The Sheep Heid Inn_Divulgacao restaurantes mais antigos - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Em operação desde 1360, o The Sheep Heid Inn fica no centro de Edimburgo, capital da Escócia. Provavelmente o pub mais antigo do país, o estabelecimento teve como frequentador mais ilustre o rei Jaime VI.

O monarca costumava utilizar o jardim atrás do restaurante para jogar suas partidas de skittles, esporte ancestral do boliche. Em 1580, ele chegou a presentear o estabelecimento com uma caixa ricamente decorada como forma de agradecimento.

sheep heid - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O objeto original acabou sendo leiloado, mas o restaurante preserva até hoje uma réplica do presente. Além disso, nos fundos da casa há uma pista de boliche construída em 1880.

No menu, uma das opções mais consagradas é a carne bovina com batata rústica, cogumelo assado, tomate confitado e manteiga de salsa.

9º lugar
Hotel Gasthof Löwen
Feldkirch, Liechtenstein

9 Hotel Gasthof Lowen_Divulgacao 2 - restaurantes mais antigos - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Encravado nos Alpes, entre a Áustria e a Suíça, o minúsculo principado de Liechtenstein guarda um estabelecimento antiquíssimo. Instalado desde 1380 em uma casa despretensiosa, o restaurante do Hotel Gasthof Löwen serve a culinária típica da região. Aqui, o destaque fica para a vitela fatiada "à la Zurique" com batata rösti e legumes.

10º lugar
Honke Owariya
Kyoto, Japão

10 Honke Owariya_Wikimedia Commons - restaurante mais antigos - Wikimedia Commons  - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

O japonês Honke Owariya, fundado em 1465 na cidade de Kyoto, encerra a lista dos dez restaurantes mais antigos do mundo ainda em funcionamento.

A casa, que fica próxima do Palácio Imperial de Kyoto, nasceu como uma loja de doces. Foi só no meio do Período Edo que o estabelecimento expandiu seus negócios e começou a vender também os noodles que fariam a sua fama.

10 Honke Owariya_Wikimedia Commons - restaurante mais antigos - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Preparação da massa para os noodles, no Honke Owariya
Imagem: Wikimedia Commons

O mais pedido, segundo o levantamento do NetCredit, é o que leva cogumelo shitake, pedaços de omelete, semente de gergelim, tempurá de camarão, wasabi, nori, alho-poró e daikon ralado.

E o campeão do Guiness?

Segundo o Guinness World Records, o mais antigo restaurante em operação no mundo é o Botín, fundado em 1725 e localizado em Madri, na Espanha, que passou por todos os ritos de comprovação de ancestralidade e funcionamento contínuo exigidos para obter o certificado oficial do Guiness.

Botín - Divulgação/Botín - Divulgação/Botín
Localizado perto da Plaza Mayor, em Madri, o Botín está em funcionamento desde 1725
Imagem: Divulgação/Botín

Trata-se de um local tão lendário que foi usado como cenário para o clássico livro "O Sol Também se Levanta", escrito por Ernest Hemingway e publicado nos anos 1920.

bodín - Divulgação/Botín - Divulgação/Botín
O leitão é a principal receita do Botín, em Madri
Imagem: Divulgação/Botín

O estabelecimento ainda preserva uma atmosfera de taberna do século 18, com uma fachada de madeira e interior cavernoso por onde os garçons circulam servindo o célebre cochinillo, leitãozinho que é preparado em um forno à lenha que também remonta à data de inauguração.

O porquinho chega à mesa com cabeça e tudo, crocante por fora e macio por dentro, com sua forma animal ainda preservada. E, não fosse pelos clientes tirando fotos dos pratos incessantemente com seus celulares, seria perfeitamente possível pensar que, dentro do Botín, você voltou no tempo.