Topo

Zeca Camargo exalta live de Caetano: 'Obrigado pela inteligência lúcida'

Por Nossa

09/08/2020 13h54

No #BrasilCozinhaComigo deste domingo (9), Zeca Camargo atualizou a sua Curva das Expectativas Flutuantes, quadro em que destaca o que esteve em alta e em baixa na cultura pop durante a semana.

O apresentador ressaltou a primeira live feita por Caetano Veloso, realizada na última sexta-feira (7), no dia do aniversário do cantor para celebrar seus 78 anos de idade, e o álbum "Smile", de Katy Perry, que está prestes a ser lançado. O filme hollywoodiano "Judas e o Messias Negro", do diretor Shaka King, também entrou como um dos destaques na pauta.

Em alta: Live do Caetano Veloso

Uma das lives mais esperadas pelos brasileiros foi a de Caetano Veloso, realizada na última sexta (7) na companhia de seus três filhos, Moreno, Zeca e Tom. Empolgado, Zeca Camargo não deixou de exaltar a apresentação: "Foi uma perfeição na mensagem e na música".

O jornalista ainda comparou a live com uma frase da Rainha do Samba, Elza Soares: "Me lembrou até a Elza, de quando eu estava escrevendo a biografia dela, e ela me falou: 'Eu tenho essa idade toda e estou incomodando muita gente'. Então, obrigado Caetano por ter essa inteligência lúcida e esse dom do talento da música".

Estão falando: Katy Perry e Dominic Fike

A cantora Katy Perry, gravidíssima e que está prestes a dar à luz ao seu primeiro filho a qualquer instante, lançará o seu oitavo álbum de estúdio, "Smile", no dia 28 de agosto, três anos após seu último trabalho, "Witness".

"A gente não sabe o que vem primeiro, se é o bebê dela ou o disco, mas está chegando e todo mundo está falando disso", brincou Zeca.

Outro cantor que entrou no radar do Curvas de Expectativas Flutuantes foi o jovem rapper Dominic Fike. Com apenas 24 anos, o americano lançou o álbum "What Could Possibly Go Wrong" e ganhou a atenção do jornalista. "Esse cara é demais", disse.

Vão falar:

O filme "Judas e o Messias Negro", do diretor Shaka King, baseado na história real do criminoso William O'Neal que foi recrutado pelo FBI para se infiltrar no partido dos Panteras Negras, também é citado por Zeca.

O apresentador explica o porquê da expectativa do filme: "Ele fala sobre a questão racial nos EUA, e a gente já aprendeu por várias coisas que a questão racial de lá não é muito diferente da do Brasil. Claro que a característica social é diferente, a luta é diferente, mas a gente tem preconceitos e questões sociais ainda gravíssimos. Então, que Hollywood venha nos dar uma inspiração".

Estão gostando: P-Valley

P-Valley, a nova série sobre strippers que estreou na plataforma de streaming Starzplay está sendo muito comentada. "Quero ver se alguém lança um desafio de pole dance igual ao que aquelas meninas fazem, porque é inacreditável", disse Zeca sobre a produção.

Outro trabalho destacado foi o da diretora Agatha Barbosa, responsável por colocar três jovens negros como exemplos de sucesso na capa da revista GQ de julho/agosto. "Isso é uma pequena evolução no mercado editorial", disse ele, e continuou. "Eu que já trabalhei [no ramo], sei como é difícil emplacar uma coisa dessa, a não ser que seja uma super celebridade. Para mim, a Agatha é a melhor diretora do mercado editorial que tem por enquanto".

Já cansou:

Para o apresentador, a minimização do coronavírus já cansou. "A Covid-19 não é conversinha de é isso ou é aquilo. É horrível ter 100 mil mortos no Brasil, é terrível". Ele completou: "Se você acha isso bacana ou contribuiu de alguma maneira lá atrás [nas eleições] de 2018 e pensou: 'Acho que vou dar uma força para um Brasil que não liga para si mesmo', a culpa é sua também".

A segunda temporada da série "The Umbrella Academy", que estreou recentemente na Netflix, também já cansou o apresentador. "Comecei a ver muito entusiasmado e enjoou. Dei duas chances, para as duas temporadas, e sinceramente, não dou força. Já deu".

Está voltando:

O canal pago GNT vai coproduzir um documentário sobre a atriz, escritora e roteirista Fernanda Young, que morreu em agosto do ano passado, aos 49 anos. A produção será chamada de "Tudo Que Você Não Soube Sobre Fernanda Young", e tem empolgado o apresentador.

"Eu acho que a gente tem que voltar a ler [o trabalho] de Fernanda Young. É uma lembrança triste, dá saudade, mas é uma inspiração infinita e bacana", pontuou.

O programa

O #BrasilCozinhaComigo é a nova série de Nossa, o canal de lifestyle do UOL. Todo domingo, Zeca Camargo recebe um convidado de uma região diferente do país, para trocar receitas e histórias. Você pode acompanhar as lives, sempre ao meio dia, no Youtube de Nossa.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Zeca Camargo exalta live de Caetano: 'Obrigado pela inteligência lúcida' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL