PUBLICIDADE
Topo

Tiny house "reciclada" de 64 m² sai do papel com ajuda de vaquinha virtual

Tiny Tetra é um projeto pensado com muita responsabilidade social e ecológica - Divulgação
Tiny Tetra é um projeto pensado com muita responsabilidade social e ecológica
Imagem: Divulgação

Gustavo Frank

De Nossa

08/08/2020 04h00

Viver de forma sustentável é uma das buscas para os próximos anos, principalmente para os mais jovens, a Geração Z. A minicasa Tiny Tetra parece ser uma solução para esse público, criada completamente a partir de material reciclado.

O projeto do Stilt Studio, que deve começar a ser disponibilizado em outubro de 2020 para o mundo todo, tem 64 m² e é elevado a 40 cm do chão, com a estética externa baseada no uso da madeira e vidro para as paredes.

O estúdio foi fundado em 2019 por Alexis Dornier e Florian Holm com o intuito de construir estruturas pré-fabricadas de alto padrão que "combinam perfeitamente com a natureza".

Casa reciclada

Tiny Tetra - Divulgação - Divulgação
Projeto da Tiny Tetra em Bali, na Indonésia
Imagem: Divulgação

Construída madeira, vidro e mais materiais reciclados, a planta diagonalmente orientada da casa cria espaços interessantes que trazem o visual do exterior para dentro dos cômodos, enquanto aberturas estrategicamente posicionadas emolduram o cenário — como se fossem quadros criados a partir da paisagem de fora.

Para a construção dos telhados e paredes, utilizou-se folhas onduladas feitas a partir de caixas de bebidas recicladas.

O primeiro protótipo está sendo construído para teste em Bali, na Indonésia, por uma razão especial. Como em muitos outros lugares do mundo, a cidade tem histórico em problemas de reciclagem de resíduos.

Com o uso dos materiais reciclados para a construção, os arquitetos esperam contribuir para a circulação da economia local, incentivando iniciativas que priorizem esse serviço.

Funções autossuficientes

Tiny Tetra - funções - Divulgação - Divulgação
Além do uso dos materiais reciclados, estúdio elaborou funções para a coleta de água da chuva
Imagem: Divulgação

Os painéis de telhado são feitos de 25% de plástico e alumínio, além de caixas de papelão. A camada de alumínio na parte superior ajuda a garantir resistência de 100% à água. Além disso, esses materiais criam efeitos de isolamento para a temperatura e ruídos.

A tiny house é coberta com um telhado inclinado que canaliza a água da chuva através de um sistema meticulosamente projetado, que é armazenado para uso posterior, como para regar o jardim.

Dentro dela, os moradores contarão com um quarto, banheiro privativo, cozinha aberta e sala de estar, além do terraço ao ar livre.

Comunidade-sócia

O projeto em questão está no Kickstarter, plataforma de financiamento coletivo, para ganhar apoio da comunidade e ajudar nos custos da execução. O valor de apoio, que está quase alcançando a meta final, é de US$ 5,1 mil.

"Decidimos lançar o projeto no Kickstarter para obter o máximo de feedback da comunidade possível e usar o valor obtido para refinar ainda mais a protótipo", explica Florian Holm, co-fundador e CEO dos estúdio, na página do financiamento.