PUBLICIDADE
Topo

Restaurante grego inova com proposta para influenciadores que pedem permuta

Restaurante recebe dezenas de pedidos semelhantes por ano, mas nenhum influenciador aceitou a proposta nos últimos três anos - iStock
Restaurante recebe dezenas de pedidos semelhantes por ano, mas nenhum influenciador aceitou a proposta nos últimos três anos Imagem: iStock

De Nossa, em São Paulo

31/07/2020 16h12

Cansado de receber mensagens de influenciadores de todo o mundo pedindo serviços gratuitos em troca de visibilidade, um restaurante em Kos, na Grécia, teve uma ideia diferente para driblar as propostas: o influenciador paga pela refeição, mas o restaurante, depois de servi-los, doa alimentos de igual valor para as pessoas necessitadas. Depois, as duas partes podem se marcar nas redes sociais, comemorando a boa ação.

Um dos membros da família dona do negócio, identificado no Twitter como @UnBassador, contou que eles recebem dezenas de pedidos como esse todos os anos, mas que nenhum influenciador aceitou a proposta nos últimos três anos.

Em uma das conversas expostas, o influenciador, que não teve nome revelado, diz que estará na Grécia nos próximos dias e que, em visitas anteriores, teve dificuldade de encontrar comidas veganas e que adoraria conhecer o restaurante "em troca de identificar o estabelecimento no Instagram".

"Estamos lisonjeados por você ter escolhido nosso restaurante e temos certeza que prepararemos um jantar memorável. Nos últimos anos, desenvolvemos uma política de responsabilidade social com influenciadores de gastronomia e viagem. Para cada refeição servida a um influenciador que publica fotos de nossa comida, doamos um prato no mesmo valor para pessoas necessitadas, como moradores de rua, refugiados etc", responde o restaurante.

"Dessa forma, nós ganhamos publicidade com a sua publicação e você trabalha sua imagem pessoal mostrando que você retorna à sociedade os 'mimos' que recebe".

No Twitter, o dono do restaurante disse, ao mostrar a troca de mensagens, que normalmente os influenciadores nem respondem à proposta e que alguns, inclusive, apagam a mensagem que enviaram.

"Ninguém aceitou vir com essas condições. Ou seja, pagar pela própria comida, mesmo que eu ofereça comida grátis às pessoas necessitadas", concluiu.