PUBLICIDADE
Topo

"Tênis do ano" esgotado, Chunky Dunky pode ter relançamento a R$ 8,6 mil

Tênis começou a ser vendido por cerca de R$ 500 e após o sucesso chegou às lojas por R$ 11 mil - Divulgação
Tênis começou a ser vendido por cerca de R$ 500 e após o sucesso chegou às lojas por R$ 11 mil
Imagem: Divulgação

Gustavo Frank

De Nossa

16/07/2020 04h00

Recentemente, uma colaboração entre a Nike e da Dior, com campanha estrelada pelo rapper Travis Scott, fez com que 5 milhões de pessoas entrassem em uma fila para comprá-lo. Apesar disso, outra peça da marca esportiva desponta como uma das mais aguardadas do ano: o "tênis do ano" — como eleitor por diversos veículos especializados — é mesmo o Chunky Dunky.

O tênis é uma colaboração entre a Nike e a empresa Ben & Jerry's — sim, a que produz sorvetes, iogurtes e bolos.

A aparência dele remete exatamente ao que compramos quando vamos à uma loja da sorveteria nos dias mais quentes: as cores verde e azul, que se entrelaçam ao logotipo da marca esportiva como se estivessem derretendo.

Em sua primeira venda, o Chunky Dunky foi disponibilizado ao público por US$ 100, cerca de R$ 540 (em cotação de 15/07). O produto esgotou em um piscar de olhos. O sucesso foi tanto que ele voltou a ser vendido por US$ 1,6 mil (cerca de R$ 8,6 mil) e teve até uma edição especial a US$ 3,8 mil (aproximadamente R$ 20 mil) — consequência do que podemos nomear oferta e demanda, falando "economiquês".

Por que tanto sucesso?

O que pode explicar o hit do tênis é o fato de que ele é limitado. Esquivando-se das discussões sobre consumismo por alguns minutos, as pessoas tendem a procurar por uma peça exclusiva para ter no guarda-roupa, ou seja, quanto menos pessoas tiverem, melhor.

Esse é um dos pontos de vista que faz com que o Chunky Dunky seja um sucesso, além, é claro, de ter a Nike como a sua marca principal, uma das maiores do mundo no universo esportivo há um bom tempo.

A última colaboração no mundo da moda que fez tanto sucesso quanto foi a parceria feita entre a Nike e a cervejaria Heineken há cerca de 10 anos.

Nike e Heineken - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
Tênis feito a partir da colaboração entre a Nike e a Heineken
Imagem: Reprodução/Pinterest

Outro fato pelo qual muitos podem ter aderido à caça do tênis é o design. Tênis coloridos e que fogem dos padrões antigos, como com cores neutras e sem muita expressividade, não encantam mais o público jovem — eles buscam por algo "imperfeito" e, para isso, nada melhor do que uma peça com cores explosivas e com marcas de como se tivesse passado por um processo de derretimento.

Em um resumo rápido: a Geração Z é o principal grupo responsável por isso.

Teremos novos estoques?

Chunky Dunky - Divulgação - Divulgação
Chunky Dunky esgotou nas lojas e não existe previsão oficial de novo estoque até então
Imagem: Divulgação

O tênis foi lançado em maio desse ano e, com base em tudo o que foi apresentado até agora, esgotou. Especialistas acreditam que a peça possa ter um relançamento, em consequência da quantidade de vendas e o lucro obtido por meio delas.

No entanto, é plausível que a Nike também coloque em peso um dos principais motivos pelo qual o lançamento tenha sido um sucesso: o número limitado.

Chunky Dunky no Brasil

Chunky Dunky - Brasil - Divulgação - Divulgação
No Brasil, o Chunky Dunky pode ser comprado por aproximadamente R$ 13 mil
Imagem: Divulgação

Aqui no Brasil, caso você tenha interesse em se juntar ao seleto grupo, ele ainda está disponível em algumas lojas — embora não pelo comércio oficial da Nike.

Em busca feita pelo Nossa, encontramos o Chunky Dunky à venda por quase R$ 13 mil em uma marca especializada em streetwear, que revende a peça.